Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Síndrome de Isaac

(Síndrome de Isaac; Neuromiotonia)

Por

Michael Rubin

, MDCM, New York Presbyterian Hospital-Cornell Medical Center

Última revisão/alteração completa dez 2020| Última modificação do conteúdo dez 2020
Clique aqui para a versão para profissionais

A síndrome de Isaac envolve superestimulação dos nervos que estimulam as fibras musculares. Ela causa rigidez muscular progressiva, tremores musculares e espasmos contínuos, além de cãibras.

  • Em pessoas com síndrome de Isaac, os músculos, sobretudo dos braços e das pernas, estremecem e têm espasmos constantes, mexendo como um saco de minhocas e, muitas vezes, ficam cada vez mais rígidos.

  • Os médicos diagnosticam a síndrome de Isaac com base nos sintomas e nos resultados da eletromiografia e dos estudos de condução nervosa.

  • Os anticonvulsivantes carbamazepina ou fenitoína podem aliviar os sintomas, e algumas pessoas se beneficiam de imunoglobulina ou plasmaférese.

Os músculos, sobretudo dos braços e das pernas, estremecem e têm espasmos constantes, mexendo como um saco de minhocas. Esse sintoma denomina-se mioquimia. Os espasmos e as cãibras podem ocorrer, de modo intermitente, nas mãos e nos pés. Muitas vezes, os músculos tornam-se rígidos progressivamente e levam um longo tempo para relaxar após eles serem contraídos. O suor também pode aumentar.

Tratamento da síndrome de Isaacs

  • Carbamazepina ou fenitoína (medicamentos anticonvulsivantes)

  • Imunoglobulina e plasmaférese

As pessoas também podem se beneficiar da imunoglobulina (solução que contém muitos anticorpos diferentes coletados de um grupo de doadores), administrada por via intravenosa, ou de plasmaférese Plaquetaférese (doação de plaquetas) Além da transfusão e doação de sangue normais, algumas vezes são usados procedimentos especiais. Na plaquetaférese, o doador doa somente plaquetas e não sangue total. O sangue... leia mais (filtragem de substâncias tóxicas, incluindo anticorpos anômalos, do sangue).

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
ANDROID iOS
ANDROID iOS
ANDROID iOS
ANDROID iOS
ANDROID iOS
ANDROID iOS
PRINCIPAIS