honeypot link

Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Cefaleia neuralgiforme unilateral de curta duração com injeção conjuntiva e lacrimejante (short-lasting unilateral neuralgiform headache with conjunctival injection and tearing, SUNCT)

Por

Stephen D. Silberstein

, MD, Sidney Kimmel Medical College at Thomas Jefferson University

Última revisão/alteração completa mai 2020| Última modificação do conteúdo mai 2020
Clique aqui para a versão para profissionais

Cefaleia neuralgiforme unilateral de curta duração com injeção conjuntiva e lacrimejante (SUNCT), uma doença rara, assemelha-se a cefaleia em salvas. Geralmente, ela causa crises de dor curtas mas frequentes em torno do olho em um lado da cabeça.

Em razão de suas similaridades, SUNCT e cefaleia em salvas são frequentemente agrupadas como cefalgias autônomas do trigêmeo. Cefalgias autônomas do trigêmeo também incluem hemicrania paroxística crônica e hemicrania contínua, sendo todas elas doenças muito raras.

Geralmente, a dor ocorre em torno do olho de um lado da cabeça. As pessoas podem apresentar até 200 ataques de dor em um dia, e a dor pode durar de 5 segundos a mais de 4 minutos. O olho afetado fica vermelho (denominado injeção conjuntival) e frequentemente lacrimeja (lágrimas).

Os médicos fazem o diagnóstico de SUNCT de acordo com os sintomas. É feita uma ressonância magnética (RM) para descartar outras causas.

Tratamento

  • Lidocaína

  • Para prevenir ataques, medicamentos anticonvulsivantes ou injeção de certos medicamentos.

A lidocaína (um anestésico) é administrada por via intravenosa para alívio imediato da dor.

Para prevenir crises, os médicos podem administrar medicamentos anticonvulsivantes (tais como lamotrigina, topiramato ou gabapentina) ou injetar medicamentos para bloquear ou estimular o nervo que irriga o olho afetado (nervo óptico).

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS