Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Zinco

Por

Laura Shane-McWhorter

, PharmD, University of Utah College of Pharmacy

Última revisão/alteração completa jul 2020| Última modificação do conteúdo jul 2020
Clique aqui para a versão para profissionais

O zinco, um mineral, é necessário em pequenas quantidades para muitos processos metabólicos. Fontes alimentares incluem ostras, carne bovina e cereais fortificados (consulte também Considerações gerais sobre suplementos alimentares).

Indicações medicinais

O zinco é tomado, com mais frequência, na forma de pastilhas para reduzir a duração dos sintomas do resfriado. Os estudos científicos são inconsistentes, mas se o zinco tiver algum efeito, ele provavelmente é pequeno e ocorre somente quando ele é tomado assim que os sintomas do resfriado aparecem.

Algumas pessoas tomam zinco para diminuir a progressão de degeneração macular relacionada à idade, que é uma doença ocular, ou para ajudar a cicatrizar feridas, uma vez que a deficiência de zinco retarda a cicatrização. Nos países em desenvolvimento, suplementos contendo zinco e ferro tomados uma vez por semana durante o primeiro ano de vida podem diminuir a mortalidade devido à diarreia e a infecções respiratórias. Os suplementos de zinco podem ajudar a tratar a diarreia em crianças com mais de seis meses de idade que estão desnutridas ou que têm uma deficiência de zinco.

O zinco também pode ajudar a diminuir os níveis de glicose no sangue em pessoas com diabetes ou pré-diabetes.

A deficiência leve de zinco prejudica o crescimento das crianças e pode ser corrigida com suplementos de zinco.

Possíveis efeitos colaterais

O zinco é geralmente seguro, mas a toxicidade pode ocorrer, se altas doses forem tomadas. Os efeitos colaterais comuns das pastilhas de zinco incluem:

  • Náusea

  • Vômitos

  • Diarreia

  • Irritação na boca

  • Feridas bucais

  • Gosto ruim

Uma vez que o zinco é um elemento-traço metálico que pode remover outros metais necessários do organismo, o consumo de pastilhas de zinco deve ser limitado (por exemplo, a no máximo 14 dias). Os sprays de zinco podem provocar irritação no nariz e garganta.

Possíveis interações medicamentosas

Pode ocorrer uma diminuição na absorção e na eficácia de determinados antibióticos para o tratamento de infecção caso eles sejam tomados ao mesmo tempo que suplementos de zinco; portanto, o zinco deve ser tomado pelo menos três horas após esses antibióticos.

Mais informações

Segue um recurso em idioma inglês que pode ser útil. Vale ressaltar que O MANUAL não é responsável pelo conteúdo desse recurso.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS