Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

honeypot link

Visão geral do prolapso do órgão pélvico (POP)

Por

Charlie C. Kilpatrick

, MD, MEd, Baylor College of Medicine

Última modificação do conteúdo abr 2019
Clique aqui para acessar Educação para o paciente
Recursos do assunto

O prolapso do órgão pélvico resulta do relaxamento (similar a hérnias) nos ligamentos, fáscias e músculos que dão sustentação aos órgãos pélvicos (assoalho pélvico — ver figura Prolapso do órgão pélvico). A prevalência do prolapso de órgão pélvico é difícil de determinar e o tratamento baseia-se nos sintomas.

Fatores contribuintes comuns incluem

  • Parto (especialmente parto vaginal)

  • Obesidade

  • Envelhecimento

  • Lesão (p. ex., por cirurgia pélvica)

  • Esforço crônico

Os fatores associados com menos frequência são: malformações genitais congênitas, aumento da pressão intra-abdominal (p. ex., decorrente de ascite, tumores abdominais e distúrbios respiratórios crônicos), distúrbios do nervo sacral e distúrbios do tecido conectivo.

O prolapso de órgão pélvico afeta vários locais e inclui

  • Prolapso da parede vaginal anterior

  • Prolapso da parede vaginal posterior

  • Prolapso apical (prolapso da cavidade vaginal)

  • Prolapso uterino

O prolapso da parede vaginal permite que os órgãos circundantes se projetem para o espaço vaginal; os termos comumente usados são cistocele, uretrocele, enterocele e retocele, dependendo do local. Em geral, o prolapso ocorre em múltiplos locais.

Prolapso do órgão pélvico

Prolapso do órgão pélvico
Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS ANDROID iOS
PRINCIPAIS