Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

honeypot link

Riquetsiose variceliforme

(Riquetsiose vesicular)

Por

William A. Petri, Jr

, MD, PhD, University of Virginia School of Medicine

Última modificação do conteúdo fev 2019
Clique aqui para acessar Educação para o paciente

A riquetsiose variceliforme é causada por Rickettsia akari. Apresenta uma lesão inicial local e um exantema papulovesicular generalizado.

A riquetsiose variceliforme, uma infecção por riquétsia, ocorre em muitas regiões dos EUA, Rússia, Coreia e África. O vetor, um ácaro pequeno e incolor, é amplamente distribuído. Infecta ratos domésticos e algumas espécies de ratos selvagens. Seres humanos podem ser infectados por bicho de pé ou picadas de ácaro adulto.

Uma escara aparece aproximadamente 1 semana antes do início da febre como uma pequena pápula de 1 a 1,5 cm de diâmetro, evoluindo para uma úlcera de crosta escura que deixa uma cicatriz quando curada. Linfadenopatia regional está presente. Febre intermitente dura aproximadamente 1 semana, com calafrios, sudorese profusa, cefaleia, fotofobia e dores musculares. No início do curso febril, aparece um exantema maculopapular generalizado, com vesículas intraepidérmicas, poupando as palmas e plantas dos pés.

A doença é leve; nenhuma morte foi notificada.

O tratamento é feito com doxiciclina, 100 mg VO bid por 5 dias, ou ciprofloxacino, 750 mg VO bid, por 5 dias.

Para profilaxia, devem ser destruídos os abrigos de camundongos e realizado o controle do vetor por meio de inseticidas de resíduo.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS ANDROID iOS
PRINCIPAIS