honeypot link

Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Canaliculite

Por

James Garrity

, MD, Mayo Clinic College of Medicine

Última modificação do conteúdo mai 2019
Clique aqui para acessar Educação para o paciente
Recursos do assunto

Canaliculite é a infecção do canalículo.

Anatomia do sistema lacrimal

Anatomia do sistema lacrimal

Etiologia

A causa mais comum de canaliculite é infecção por Actinomyces israelii, um bacilo Gram-positivo com ramificações e filamentos, mas outros agentes como bactérias, fungos (p. ex., Candida albicans) e vírus (p. ex., herpes simples) também podem provocá-la. Uma causa cada vez mais comum de canaliculite é um plugue retido nos pontos lacrimais (inserido como tratamento para olhos secos) que migrou para o canalículo do ponto.

Sinais e sintomas

Os sinais e sintomas são lacrimejamento, secreção, olho vermelho (especialmente por via nasal) e sensibilidade leve ao longo do lado envolvido.

Diagnóstico

  • Avaliação clínica

A suspeita diagnóstica é feita com base nos sinais e sintomas, saída de secreção turva ao se espremer o saco lacrimal e os canalículos e sensação de areia causada pelo material necrótico que pode ser sentida durante a sondagem do sistema lacrimal.

Canaculite pode ser diferenciada de dacriocistite. Na canaculite, o ponto e o canalículo estão vermelhos e inchados; na dacriocistite, o ponto e o canalículo estão normais, mas existe uma massa inchada, vermelha e mole localizada próxima ao saco lacrimal.

Tratamento

  • Medidas de suporte (p. ex., compressas quentes)

  • Antibióticos

  • Às vezes, cirurgia para remover concreções ou corpos estranhos

O tratamento da canaliculite consiste na aplicação de compressas mornas, irrigação do canalículo com solução antibiótica (por um oftalmologista) e remoção de concreções ou corpos estranhos, o que geralmente requer cirurgia. A escolha do antibiótico normalmente é empírica com uma cefalosporina de 1ª geração ou penicilina sintética resistente à penicilinase, mas pode ser orientada por cultura ou amostras da irrigação.

Pontos-chave

  • As causas mais comuns da canaliculite são infecção ou plugue de ponto lacrimal retido.

  • Os pacientes muitas vezes têm lacrimejamento, secreção, olho vermelho (especialmente medialmente) e sensibilidade leve ao longo do lado envolvido.

  • No exame, secreções podem ser expressadas quando pressão é aplicada ao saco lacrimal e canalículo e uma sensação de areia é sentida pelo paciente quando o sistema lacrimal é sondado.

  • O tratamento é feito com medidas de suporte, como compressas, antibióticos e, algumas vezes, cirurgia.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS