Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

honeypot link

Gengivite

Por

Bernard J. Hennessy

, DDS, Texas A&M University, College of Dentistry

Última modificação do conteúdo jun 2019
Clique aqui para acessar Educação para o paciente

É a inflamação da polpa do dente decorrente de cáries não tratadas, traumatismos ou múltiplas restaurações. Seu principal sintoma é a dor. O diagnóstico é feito por achados clínicos, radiografias e teste de vitalidade da polpa. O tratamento inclui remoção da cavitação, restauração do dente danificado e, às vezes, tratamento endodôntico ou extração dentária.

A pulpite pode ocorrer quando

  • A cárie progride profundamente na dentina

  • Um dente requer múltiplos procedimentos invasivos

  • O trauma prejudica o suprimento sanguíneo e drenagem linfática da polpa dental

Gengivite é classificada como

  • Reversível: a gengivite começa como uma inflamação limitada, e o dente pode ser salvo por obturação simples.

  • Irreversível: edema no interior do arcabouço rígido da dentina prejudicando a circulação, necrosando a polpa, o que predispõe à infecção.

Complicações

As sequelas infecciosas da pulpite são a periodontite apical, o abscesso periapical, a celulite e (raramente) a osteomielite da mandíbula. A disseminação a partir dos dentes superiores pode causar sinusite purulenta, meningite, abscesso cerebral, celulite orbital e trombose do seio cavernoso.

A disseminação a partir dos dentes inferiores pode provocar angina de Ludwig, abscesso parafaríngeo, mediastinite, pericardite, empiema e tromboflebite jugular.

Sinais e sintomas

Na pulpite irreversível, a dor acontece quando um estímulo (quase sempre frio ou doce) é aplicado ao dente. Quando o estímulo é removido, a dor cessa em 1 a 2 segundos.

Na pulpite irreversível, ocorre dor espontânea ou persistente minutos após a remoção do estímulo (em geral, calor; menos frequentemente frio). Um paciente pode ter dificuldade em localizar o dente que está originando a dor, e até mesmo confundir de que arcada, superior ou inferior (mas não o lado direito ou esquerdo da boca). A dor pode, então, cessar por vários dias, em razão da necrose pulpar. Quando a necrose pulpar está completa, a polpa não mais responde a quente ou frio, mas muitas vezes responde à percussão. Com a progressão da infecção e sua extensão através do forame apical, o dente se torna estranhamente sensível à pressão e à percussão. Um abscesso periapical (dentoalveolar) eleva o dente de seu alvéolo e dá a sensação de estar “alto” durante a mordida.

Diagnóstico

  • Avaliação clínica

  • Às vezes, radiografias

O diagnóstico baseia-se em história e exame físico, o qual inclui a aplicação de estímulos provocantes (aplicação de calor e frio, e/ou percussão). Os dentistas também pode usar um testador pulpar elétrico, que indica se a polpa está vivo, mas não se está saudável. Se o paciente sentir a pequena carga elétrica no dente, a polpa está viva.

A radiografia auxilia a determinar se a inflamação se estendeu além do ápice dental e ajuda a excluir outros distúrbios.

Tratamento

  • Broqueamento e restauração, para a pulpite reversível

  • Tratamento endodôntico da raiz e coroa ou extração, para a pulpite irreversível

  • Antibióticos (p. ex., amoxicilina) para infecção

Na pulpite reversível, a vitalidade da polpa pode ser mantida se o dente for tratado, geralmente com a remoção de cárie e, então, restauração.

Na gengivite irreversível, a gengivite e suas sequelas requerem terapia endodôntica (tratamento de canal) ou extração dentária. Na terapia endodôntica, uma abertura é feita no dente e a polpa é removida. O sistema de canais radiculares é minuciosamente desbridado, modelado e, então, preenchido com guta-percha. Após o tratamento do canal, recuperação adequada se manifesta clinicamente pela resolução dos sintomas e radiograficamente pelo preenchimento ósseo das áreas radiotransparentes do ápice radicular, após alguns meses. Se os pacientes apresentarem sinais sistêmicos de infecção (p. ex., febre), um antibiótico oral é prescrito (amoxicilina 500 mg a cada 8 horas; para pacientes alérgicos às penicilinas, clindamicina 150 ou 300 mg a cada 6 horas). Se os sintomas persistirem ou piorarem, o tratamento endodôntico costuma ser refeito no caso da omissão de algum canal radicular, mas diagnósticos diferenciais (p. ex., distúrbio da articulação temporomandibular, fratura dental oculta, distúrbio neurológico) devem ser considerados.

Muito raramente, enfisema subcutâneo ou mediastinal pode se desenvolver após o uso de ar comprimido ou de broca de alta-rotação a ar comprimido durante o tratamento endodôntico ou extração dental. Esses aparatos podem forçar a entrada de ar nos tecidos ao redor do alvéolo dentário, que dispersa pelos planos fasciais. O início súbitode edema mandibular e cervical, com a característica crepitação da pele edemaciada à palpação, confirma o diagnóstico. Tratamento específico, com frequência, não é necessário, apesar de antibióticos profiláticos serem eventualmente prescritos.

Pontos-chave

  • Gengivite é a inflamação da polpa dentária por causa de cáries profundas, trauma e restauração dentária extensa.

  • Às vezes, infecção se desenvolve (p. ex., abscesso periapical, celulite, osteomielite).

  • A gengivite pode ser reversível ou irreversível.

  • Na gengivite reversível, a polpa não é necrótica, um estímulo frio ou doce provoca dor que geralmente dura 1 ou 2 segundos, e o reparo requer somente perfuração e obturação.

  • Na pulpite irreversível, a polpa necrosa, o estímulo (geralmente, frio) causa dor que normalmente dura minutos, sendo necessário fazer tratamento de canal ou extração.

  • Necrose pulpar é um estágio tardio da gengivite irreversível; a polpa não responde a quente ou frio, mas muitas vezes responde à percussão, e tratamento de canal ou extração é necessário.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS ANDROID iOS
PRINCIPAIS