Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Carregando

Espasmo hemifacial

Por

Michael Rubin

, MDCM, New York Presbyterian Hospital-Cornell Medical Center

Última modificação do conteúdo jun 2019
Clique aqui para acessar Educação para o paciente

Espasmos hemifaciais são contrações unilaterais, sincrônicas, indolores dos músculos da face (mímicos) decorrentes da disfunção do VII par craniano (facial) e/ou de seu núcleo motor.

O espasmo hemifacial geralmente resulta da compressão do nervo por um vaso sanguíneo pulsátil, similar ao da neuralgia trigeminal.

Contrações unilaterais, involuntárias e indolores dos músculos faciais costuma começar na pálpebra, então se disseminam para a face e boca. As contrações podem ser inicialmente intermitentes, mas podem tornar-se quase contínuas.

O vaso sanguíneo pulsátil é muitas vezes visível na RM, mas o diagnóstico do espasmo hemifacial é essencialmente clínico. Crises epilépticas focais, blefaroespasmo e tiques causam sintomas similares e devem ser considerados.

O tratamento mais eficaz para espasmo hemifacial é

  • Injeção de toxina botulínica (toxina botulínica do tipo A ou toxina botulínica do tipo B) nos músculos afetados

Tratamentos para a neuralgia trigeminal (p. ex., anticonvulsivos, baclofeno, amitriptilina, cirurgia) também podem ser utilizados.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Como fazer o exame dos nervos cranianos
Vídeo
Como fazer o exame dos nervos cranianos
Modelos 3D
Visualizar tudo
Impulso neural
Modelo 3D
Impulso neural

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS