Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Carregando

Prolapso retal e procidência

Por

Parswa Ansari

, MD,

Última modificação do conteúdo jul 2018
Clique aqui para acessar Educação para o paciente
Recursos do assunto

O prolapso retal é aprotrusão indolor do reto através do ânus. A procidência consiste em prolapso completo de toda a espessura do reto. O diagnóstico é por inspeção. A cirurgia geralmente é necessária em adultos.

O prolapso temporário, menor, envolvendo somente a mucosa retal geralmenteocorre em crianças normais. O prolapso da mucosa em adultos persiste e pode piorar progressivamente.

A procidência consiste em prolapso completo de toda a espessura do reto. A causa primária da procidência não é clara. Muitos pacientes são mulheres com > 60 anos.

Sinais e sintomas

O sintoma mais proeminente do prolapso retal e procidência é a protrusão. Pode ocorrer com paciente de pé, ao levantar ou ao deitar. Sangramento retal pode aparecer e a incontinência é comum. A dor é incomum, exceto se ocorrer encarceramento ou prolapso significativo.

Diagnóstico

  • Avaliação clínica

  • Sigmoidoscopia, colonoscopia ou enema baritado

Para determinar toda a extensão do prolapso, o médico deve examinar o paciente de pé, agachado ou ao fazer esforço. A procidência retal pode ser diferenciada de hemorroidas pela presença de vilosidades da mucosa. O tônus do esfíncter anal costuma estar diminuído. Sigmoidoscopia, colonoscopia ou radiografias do cólon usando enema de bário devem ser realizadas em busca de outras doenças. Doenças neurológicas primárias (p. ex., tumor da medula espinal) devem ser descartadas.

Tratamento

  • Eliminar as causas do esforço

  • Para crianças e lactentes: algumas vezes, prender as região glúteas juntas

  • Para adultos: algumas vezes, cirurgia

Para crianças e lactentes, o tratamento conservador é suficiente. As causas do esforço devem ser eliminadas. Segurar as região glúteas juntas com fita adesiva entre as evacuações geralmentefacilita a resolução espontânea do prolapso.

Para os prolapsos simples em adultos, o excesso de mucosa pode ser cortado.

Para procidência, retopexia, em que o reto é mobilizado e fixo no sacro, pode não ser necessária. Em pacientes muito idosos ou com saúde precária, um fio ou uma alça de plástico sintético pode circundar o anel esfinctérico (procedimento de Thiersch). Outras cirurgias perianais (p. ex., cirurgias de Delorme ou Altemeier) devem ser consideradas.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS