Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Carregando

Bursite no tendão posterior do calcâneo

Por

Kendrick Alan Whitney

, DPM,

  • Associate Professor, Department of Biomechanics
  • Temple University School of Podiatric Medicine

Última modificação do conteúdo abr 2018
Clique aqui para acessar Educação para o paciente

A bursite no tendão posterior do calcâneo é inflamação da bursa que se forma em resposta à pressão do sapato acima do contraforte, entre pele e tendão calcâneo. O diagnóstico é clínico. O tratamento consiste em modificação do tipo de calçado.

A bursite do tendão calcâneo posterior ocorre principalmente nas mulheres jovens. O uso de salto alto é um fator de risco. Outro fator de risco é proeminência óssea (deformidade de Haglund) no calcâneo. Essa deformidade predispõe à formação de bursa se repetidamente irritada com o contraforte do sapato.

Sinais e sintomas

Os sinais e sintomas da bursite do tendão do calcâneo se desenvolvem na parte superior do contraforte do sapato. Os sintomas precoces podem estar limitados a vermelhidão, dor e eritema. Mais tarde, erosão superficial na pele pode ocorrer. Após alguns meses, pode-se desenvolver nódulo flutuante, sensível, cístico, vermelho ou levemente colorido e com 1 a 3 cm de diâmetro. Ele é vermelho ou da cor da pele. Em casos crônicos, a bursa se torna fibrótica e calcificada.

Diagnóstico

  • Sintomas e um nódulo pequeno, sensível e da cor da pele ou vermelho

O diagnóstico consiste na presença de nódulo pequeno, sensível e da cor da pele ou vermelho. Raramente se desenvolve xantoma no tendão do calcâneo, na borda superior do contraforte do sapato, porém pode ser rosa e assintomático. A entesopatia do tendão do calcâneo causa dor principalmente na inserção do tendão, mas também pode causar dor na borda superior do contraforte do sapato. A entesopatia é diferenciada pela ausência de uma lesão nos tecidos moles.

Tratamento

  • Modificação dos sapatos

Sapatos confortáveis e com saltos baixos são essenciais. Espuma emborrachada ou calcanheira podem ser necessárias para elevar o calcanhar na altura suficiente e, assim, a bolsa não baterá no contraforte do sapato. São indicados envoltórios protetores de gel, coxim ao redor da bursa ou uso de sapato sem a parte de trás até que a inflamação melhore. Órteses para os pés podem aumentar a estabilidade da parte de trás e ajudar a reduzir o movimento que irrita o calcâneo durante a marcha. Compressas de calor ou frio, AINEs e infiltração dentro da bursa de uma solução de corticoide/analgésico local oferecem alívio temporário; o tendão do calcâneo por si mesmo não pode ser injetado. A remoção cirúrgica do osso subjacente pode ser necessária para reduzir o sofrimento dos tecidos moles.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS