Manual MSD

Please confirm that you are a health care professional

Carregando

Insuficiência velofaríngea

Por

Clarence T. Sasaki

, MD, Yale University School of Medicine

Última modificação do conteúdo set 2019
Clique aqui para acessar Educação para o paciente

Insuficiência velofaríngea é o fechamento incompleto do esfíncter entre a orofaringe e a nasofaringe, muitas vezes resultante de anormalidades anatômicas do palato e causando fala hipernasal. O diagnóstico baseia-se em inspeção direta com nasofibrolaringoscopia. O tratamento é com fonoterapia e cirurgia.

A insuficiência velofaríngea é o fechamento incompleto do esfíncter velofaríngeo entre a orofaringe e a nasofaringe. O fechamento, normalmente alcançado pela ação esfincteriana do palato mole e do músculo constritor superior, está prejudicado nos pacientes com fissura palatina (operados ou não), palato curto congênito, fissura palatina submucosa, paralisia palatal e, às vezes, aumento das tonsilas. A condição pode também ocorrer quando adenoidectomia ou uvulopalatofaringoplastia é realizada em paciente com subdesenvolvimento congênito (submucosa palatina) ou paralisia do palato.

Sinais e sintomas

A fala de um paciente com insuficiência velofaríngea é caracterizada por voz ressonante hipernasal, emissão de ar nasal, turbulência nasal e incapacidade de produzir sons que requerem pressão oral (oclusivas). Insuficiência velofaríngea grave resulta na regurgitação de alimentos sólidos e líquidos através do nariz. A inspeção do palato durante a fonação pode revelar paralisia palatal.

Diagnóstico

  • Inspeção direta com nasofibrolaringoscopia

Suspeitar de insuficiência velofaríngea nos pacientes com alterações típicas da fala.

A palpação da linha média do palato mole pode revelar fissura submucosa oculta. Inspeção direta com nasofibrolaringoscópio é a principal técnica de diagnóstico.

A videofluoroscopia durante fala e deglutição (alimentos misturados ao bário), feita em conjunto com um fonoaudiólogo, só deve ser utilizada quando outras medidas diagnósticas não fornecem as informações necessárias.

Tratamento

  • Correção cirúrgica e terapia da fala

O tratamento da insuficiência velofaríngea e feito por fonoaudiologia e correção cirúrgica por procedimentos de alongamento do pálato, implante de parede posterior da faringe, aba faríngea ou faringoplastia, dependendo da mobilidade das paredes laterais da faringe, do grau de insuficiência e do tamanho do defeito. Prótese de elevação de palato (por um implantodontista) também pode ser útil.

Clique aqui para acessar Educação para o paciente
OBS.: Esta é a versão para profissionais. CONSUMIDORES: Clique aqui para a versão para a família
Profissionais também leram

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS