Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Glaucoma primário infantil

(Glaucoma infantil; glaucoma congênito; buftalmia)

Por

Leila M. Khazaeni

, MD, Loma Linda University School of Medicine

Avaliado clinicamente fev 2022
VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE
Recursos do assunto

O glaucoma primário infantil é um defeito congênito raro que impede que o líquido seja drenado de maneira apropriada da parte frontal do olho. Esse bloqueio aumenta a pressão dentro do olho, o que, se deixado sem tratamento, danifica o nervo óptico e pode causar cegueira completa.

Normalmente o humor aquoso, que nutre o olho, é produzido pelo corpo ciliar atrás da íris (na câmara posterior) e flui pela pupila para a frente do olho (câmara anterior), onde sai pelos canais de drenagem entre a íris e a córnea. Quando a drenagem do líquido é bloqueada, a pressão dentro do olho (pressão intraocular) aumenta.

Drenagem normal de líquido

O líquido é produzido no corpo ciliar atrás da íris (câmara posterior), passa para a parte da frente do olho (câmara anterior) e então sai pelos canais de drenagem.

Drenagem normal de líquido

O glaucoma primário infantil ocorre em bebês e crianças pequenas e pode afetar somente um olho ou, mais frequentemente, os dois olhos. Esse distúrbio é considerado primário, porque não é causado por outro distúrbio, como a síndrome de Sturge-Weber Síndrome de Sturge-Weber A síndrome de Sturge-Weber envolve um crescimento anormal de vasos sanguíneos pequenos. Ela é caracterizada por uma marca de nascença no rosto chamada mancha vinho do porto, crescimento excessivo... leia mais Síndrome de Sturge-Weber . A pressão intraocular aumenta além dos limites normais. A pressão intraocular também pode se elevar em bebês após uma lesão ou cirurgia ocular (remoção de catarata, por exemplo).

No glaucoma primário infantil ou glaucoma da primeira infância, os olhos afetados podem aumentar de tamanho porque a esclera (a fibra branca resistente que recobre o olho) e a córnea (a camada transparente na frente da íris e da pupila) se distende em resultado da elevação da pressão intraocular. Esse aumento não ocorre no glaucoma adulto. A córnea fica às vezes turva. O bebê pode sofrer lacrimejamento e dores oculares resultantes de luz forte (fotofobia).

Os médicos suspeitam de glaucoma primário infantil quando um bebê apresenta lacrimejamento, pisca com frequência e tem sensibilidade à luz. Eles confirmam o diagnóstico realizando um exame oftalmológico completo em um consultório ou clínica, seguido por um exame mais detalhado sob anestesia geral em uma sala de cirurgia para que medições especiais do globo ocular e da córnea possam ser feitas.

Se não for tratado, a turvação da córnea progride, o nervo óptico é danificado e pode ocorrer cegueira. Para impedir essas complicações, os médicos realizam um procedimento cirúrgico para criar um novo sistema de drenagem (goniotomia, trabeculectomia Cirurgia ou TREC) assim que possível.

Mais informações

O seguinte é um recurso em inglês que pode ser útil. Vale ressaltar que O MANUAL não é responsável pelo conteúdo deste recurso.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE
VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE
quiz link

Test your knowledge

Take a Quiz! 
ANDROID iOS
ANDROID iOS
ANDROID iOS
PRINCIPAIS