Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Alimentação com fórmula infantil

Por

Deborah M. Consolini

, MD, Sidney Kimmel Medical College of Thomas Jefferson University

Última revisão/alteração completa set 2019| Última modificação do conteúdo set 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

No hospital, recém-nascidos são em geral alimentados logo após o parto e depois idealmente com base na demanda. Durante a primeira semana após o nascimento, os bebês consomem 15 a 60 ml de cada vez e aumentam a quantidade gradualmente para 90 ou 120 ml cerca de seis a oito vezes por dia na segunda semana. Os pais não devem insistir que o recém-nascido termine cada mamadeira, mas sim, que ele tome o quanto quiser sempre que tiver fome. À medida que os bebês crescem, tomam maiores quantidades e consomem até 180 ml ou 240 ml de cada vez pelo terceiro ou quarto mês de vida.

A posição correta para bebês alimentados com mamadeira é parcialmente reclinada ou sentada. Os bebês não devem tomar a mamadeira deitados de costas, pois o leite pode entrar pelo nariz ou pelas trompas de Eustáquio ( A trompa de Eustáquio: manter a pressão do ar igual). Os bebês com mais idade já capazes de segurar a mamadeira não devem ser colocados para dormir com ela, pois a constante exposição a leite ou suco pode causar lesões nos dentes e cáries.

As fórmulas infantis comerciais são vendidas em garrafas esterilizadas prontas para beber, em latas com formulação concentrada que deve ser diluída em água, e em pó. As fórmulas infantis contam com um equilíbrio adequado de nutrientes, calorias e vitaminas e estão disponíveis tanto com como sem suplemento de ferro. Todos os bebês alimentados com fórmula infantil devem receber fórmula infantil fortificada com ferro para prevenir a anemia ferropriva.

Os pais que utilizam fórmulas infantis concentradas ou em pó devem seguir atentamente as instruções de preparo. As fórmulas infantis concentradas e em pó devem ser preparadas com água que contenha flúor. As fórmulas infantis são, em geral, feitas de leite de vaca, mas existem outras fórmulas infantis especiais para bebês que não toleram leite de vaca. Se o bebê não tolerar a fórmula infantil padrão, o pediatra pode recomendar mudar para uma fórmula infantil à base de soja ou uma fórmula infantil hidrolisada. Se o bebê não tolerar a fórmula infantil hidrolisada, ela pode ser trocada por uma fórmula infantil à base de aminoácidos. Não há diferenças, em longo prazo, na saúde dos bebês alimentados com as fórmulas infantis padrão ou especiais. Leite de vaca puro, contudo, não é um alimento apropriado durante o primeiro ano de vida.

Para minimizar a exposição do bebê a micro-organismos, a fórmula infantil deve ser administrada em um recipiente esterilizado. Revestimentos de plástico descartáveis eliminam a necessidade de esterilizar as mamadeiras. Os bicos das mamadeiras devem ser esterilizados na máquina lava-louças em uma panela com água fervente durante cinco minutos. Os pais devem aquecer as fórmulas infantis até a temperatura corporal. As mamadeiras cheias (ou os recipientes para as fórmulas infantis, caso sejam usados revestimentos de plástico descartáveis) são aquecidas em banho-maria e permite-se que elas atinjam a temperatura corporal. Os bebês podem sofrer queimaduras graves se a fórmula infantil estiver quente demais; por isso, os pais precisam agitar a mamadeira gentilmente para equalizar a temperatura e verificar a temperatura colocando algumas gotas sobre a pele sensível da parte interna do próprio pulso. Estando à temperatura corporal, a fórmula infantil não deve parecer estar nem quente nem fria. Micro-ondas podem superaquecer a fórmula infantil de maneira perigosa e não são recomendados para aquecer a fórmula infantil nem alimentos para bebê.

O tamanho da abertura do bico da mamadeira é importante. Em geral, a fórmula infantil deve gotejar lentamente da mamadeira mantida de cabeça para baixo. Bebês maiores e de mais idade querem maiores volumes de líquido e podem tolerar uma abertura maior.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Administração de insulina
Vídeo
Administração de insulina
O diabetes é um quadro clínico que se desenvolve devido a concentrações elevadas de glicose...
Modelos 3D
Visualizar tudo
O resfriado comum
Modelo 3D
O resfriado comum

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS