Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Métodos de contracepção de reconhecimento de fertilidade

(Rhythm Method; Periodic Abstinence)

Por

Frances E. Casey

, MD, MPH, Virginia Commonwealth University Medical Center

Última revisão/alteração completa mai 2020| Última modificação do conteúdo mai 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

Métodos de reconhecimento de fertilidade envolvem identificar os dias em que a mulher provavelmente estará fértil durante o ciclo menstrual. Essas informações podem ser usadas para aumentar a chance de gravidez ou para evitar a gravidez.

Quando usadas para evitar a gravidez, esses métodos dependem da abstinência sexual durante o período fértil da mulher durante o mês. Na maioria das mulheres, os ovários liberam um óvulo aproximadamente 14 dias antes do início da menstruação. Embora o óvulo não fecundado sobreviva apenas aproximadamente 12 horas, os espermatozoides conseguem sobreviver até cinco dias depois do coito. Assim, a fecundação pode resultar de uma relação sexual que tenha ocorrido até cinco dias antes da ovulação (quando o óvulo é liberado), bem como na ovulação.

Há vários métodos de reconhecimento de fertilidade:

  • Método do calendário (tabelinha)

  • Método do muco

  • Método sintotérmico

Cada método tenta estimar quando a ovulação ocorre e, assim, determinar em que dias a mulher está fértil. Esses métodos exigem treinamento, esforço e muitas etapas para serem eficazes.

O método da amenorreia lactacional é outro método. Ele pode ser usado após o parto se a mulher estiver amamentando. Ele pode ser muito eficaz em algumas circunstâncias.

Você sabia que...

  • Os espermatozoides conseguem sobreviver (e fertilizar o óvulo) até cinco dias após a relação sexual.

Método do calendário (tabelinha)

O método do calendário (também chamado de tabelinha) pode ser usado apenas por mulheres que têm ciclos menstruais regulares. Contas de ciclo podem ser usadas para ajudar a mulher a controlar seus dias férteis. Essas contas são codificadas por cor e cada uma representa um dia do ciclo.

Para calcular o período de abstinência, a mulher subtrai 18 dias do mais curto e 11 dias do mais longo de seus 12 ciclos menstruais anteriores. Por exemplo, se os ciclos duram de 26 a 29 dias, ela deve se abster de relações sexuais entre o 8º dia (26 menos 18) até o 18º dia (29 menos 11) de cada ciclo. Quando mais o ciclo variar, maior precisa ser o período de abstinência. O dia do início da menstruação é considerado o dia 1.

Método do muco

O método do muco também é chamado de método dos dois dias (ou da ovulação). A mulher determina seu período fértil observando as secreções (muco cervical) da vagina, se possível, várias vezes ao dia, a partir do dia após o fim da menstruação. A mulher deve anotar suas observações.

Em geral, o muco segue o seguinte padrão durante o ciclo menstrual:

  • O muco pode não estar presente por alguns dias após o fim da menstruação.

  • Em seguida, muco aparece e ele é turvo, espesso e sem elasticidade.

  • Pouco tempo antes da ovulação, mais muco é produzido, e o muco se torna mais fino, elástico (esticando-se entre os dedos), límpido e aquoso (como uma clara de ovo crua).

A prática de relações sexuais é completamente evitada durante a menstruação (porque não é possível examinar o muco). Ela é permitida quando não há muco, mas é limitada a cada dois dias, porque o sêmen pode ser confundido com o muco. A prática de relações sexuais é evitada a partir do primeiro momento em que o muco aparece após a menstruação até desaparecer completamente. Depois de o muco desaparecer, é permitido praticar relações sexuais sem restrições até o início da próxima menstruação.

Se, em geral, o muco não seguir o padrão normal ou se a mulher tiver dificuldade para interpretar o aspecto do muco, ela deve consultar seu profissional da saúde.

A mulher que utiliza esse método não deve usar duchas ou sprays e cremes de higiene feminina, pois esses produtos podem alterar o muco.

Uma mudança no muco cervical indica a presença de ovulação com mais exatidão que a temperatura corporal.

Método sintotérmico

O método sintotérmico combina a medição da temperatura corporal em repouso (temperatura corporal basal) com os métodos de muco e de tabelinha. Assim, entre os métodos de reconhecimento de fertilidade, o método sintotérmico é o mais confiável.

A temperatura corporal basal da mulher aumenta levemente, aproximadamente 0,5° C após a liberação do óvulo. Para acompanhar as mudanças de temperatura, a mulher deve medir sua temperatura todas as manhãs antes de sair da cama. Termômetros de temperatura corporal basal são mais precisos. Se não estiverem disponíveis, um termômetro de mercúrio pode ser usado. Termômetros eletrônicos são os menos precisos.

A mulher observa quando o muco cervical aumenta em quantidade e fica mais fino, elástico, límpido e aquoso (como para o método do muco) e quando a temperatura aumenta. Ela deve abster-se de relações sexuais do primeiro dia que exige abstinência de acordo com o método do calendário até pelo menos 72 horas após o dia em que sua temperatura corporal basal aumentar e o muco cervical alterar.

Método da amenorreia lactacional

O método da amenorreia lactacional é usado após o parto se a mulher estiver amamentando o bebê exclusivamente com leite materno (lactação diz respeito à produção de leite materno). Em geral, essas mulheres não têm menstruações (o que é chamado de amenorreia), não liberam um óvulo (ovulam) e, portanto, não estão férteis. Porém, as mulheres ficam férteis duas semanas antes de a menstruação reiniciar (quando a ovulação ocorre), portanto, não sabem que estão férteis durante essas duas semanas.

Esse método pode ser muito eficaz se todos os critérios a seguir estiverem presentes:

  • O bebê tiver menos de seis meses de idade.

  • A amamentação for a única fonte de alimento do bebê. Complementar o leite materno com fórmula láctea ou alimentos sólidos ou bombear o leite materno reduz a eficácia desse método.

  • O bebê for amamentado pelo menos a cada 4 horas durante o dia e a cada 6 horas durante a noite.

  • As menstruações não tiverem recomeçado após o parto.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS