Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Fibroadenomas da mama

Por

Mary Ann Kosir

, MD, Wayne State University School of Medicine

Última revisão/alteração completa out 2019| Última modificação do conteúdo out 2019
Clique aqui para a versão para profissionais

Fibroadenomas da mama são nódulos não cancerosos pequenos, lisos, sólidos e arredondados formados por tecido fibroso e glandular.

Os fibroadenomas da mama costumam aparecer em mulheres jovens, inclusive adolescentes. Desconhece-se a causa. Os fibroadenomas da mama em adultos podem diminuir de tamanho com o passar do tempo, mas em adolescentes eles tendem a continuar a crescer.

Os fibroadenomas da mama podem ser erroneamente considerados câncer de mama, mas eles não são. Alguns fibroadenomas não parecem aumentar o risco de câncer de mama. Contudo, fibroadenomas complexos (que têm muitos componentes, como cistos, tecido cicatricial e nódulos endurecidos) podem aumentar levemente esse risco.

Os nódulos não são dolorosos e podem ser facilmente movidos e possuem bordas claramente definidas que podem ser sentidas durante o autoexame da mama. Essas características indicam ao médico que os nódulos têm menos probabilidade de serem cancerosos. No entanto, para ter certeza de que não é canceroso, o médico geralmente remove todo o nódulo ou parte dele para examiná-lo ao microscópio (biópsia). Um anestésico local é usado.

Os fibroadenomas da mama costumam ser removidos se eles crescerem ou causarem sintomas. Uma vez que os fibroadenomas em adolescentes tendem a crescer, eles devem ser removidos. Contudo, os fibroadenomas costumam reaparecer. Caso vários nódulos tenham sido removidos e considerados não cancerosos, é possível que a mulher e o médico decidam não remover novos nódulos que venham a surgir para evitar processos repetidos de remoção. Independentemente de os fibroadenomas serem ou não removidos, a mulher deve fazer exames regulares para que o médico possa verificar se existem alterações.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS