Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Histórico ginecológico

Por

David H. Barad

, MD, MS, Center for Human Reproduction

Última revisão/alteração completa mai 2019| Última modificação do conteúdo mai 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

Para cuidados ginecológicos, a mulher deve escolher um médico com quem possa discutir confortavelmente temas delicados, como sexo, métodos anticoncepcionais, gravidez e problemas relacionados à menopausa. O profissional de saúde pode ser um médico, uma enfermeira obstetra, um(a) enfermeiro(a) especializado(a) ou um assistente médico.

Uma avaliação ginecológica inclui os antecedentes ginecológicos e um exame ginecológico.

Para poder fazer o registro do histórico ginecológico, o médico pergunta qual problema levou a mulher a vir à consulta, menstruações anteriores e atuais, gestações anteriores, atividades sexuais e sintomas, distúrbios e tratamentos ginecológicos que a mulher tenha realizado.

As perguntas sobre a menstruação incluem:

  • A idade da mulher quando começou a menstruar (menarca)

  • Qual a frequência, regularidade e a duração da menstruação

  • A intensidade do sangramento durante a menstruação

  • Quando começou e terminou a última menstruação

  • Se a mulher tem ou não sintomas (tais como dor, cólica, dor de cabeça ou fezes moles) durante a menstruação

  • Se a mulher tem ou já teve sangramento anômalo, ou seja, sangramento excessivo, escasso ou entre as menstruações

As perguntas sobre gestações anteriores incluem:

  • Quantas gestações a mulher teve

  • Quais as datas dessas gestações

  • De que maneira terminaram essas gestações (por exemplo, nascido vivo ou aborto espontâneo)

  • Se houve ou não complicações (por exemplo, hemorragia, hipertensão arterial, náusea ou vômito)

Normalmente, o médico faz perguntas sobre a atividade sexual para avaliar o risco de a mulher apresentar infecções ginecológicas, lesões e gravidez, e para determinar se ela tem algum problema sexual. Pergunta-se à mulher se ela usa ou quer usar métodos anticoncepcionais e se ela está interessada em aconselhamento ou outras informações.

O médico pergunta à mulher se ela tem dor durante a relação sexual, no meio do ciclo menstrual (o que pode indicar que a dor coincide com a ovulação) ou em outras circunstâncias. Se ela tiver dor, são feitas perguntas sobre a intensidade da dor e o que proporciona alívio.

O médico também faz perguntas sobre problemas de mama, tais como dor, nódulos, áreas de sensibilidade ou vermelhidão e secreção dos mamilos. Também é perguntado à mulher se ela examina os seios, com que frequência e se ela precisa de alguma orientação sobre a técnica de exame da mama.

O médico examina o histórico de distúrbios ginecológicos passados da mulher e, geralmente, obtém histórico médico e cirúrgico geral, que inclui problemas de saúde anteriores.

O médico avalia todos os medicamentos que a mulher está tomando, incluindo medicamentos com receita e de venda livre, tabaco e álcool, pois muitos deles afetam a função ginecológica.

São feitas à mulher perguntas sobre abuso mental, físico ou sexual, questionando se ela ou outras pessoas da família estão sofrendo ou sofreram abuso.

Algumas perguntas sobre a micção são feitas para descobrir se a mulher tem infecção do trato urinário ou problemas com a perda de urina (incontinência).

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Adesivo para controle de natalidade
Vídeo
Adesivo para controle de natalidade
O sistema reprodutor feminino inclui o útero, as trompas de Falópio e os ovários. Os ovários...
Modelos 3D
Visualizar tudo
Conteúdo da pelve feminina
Modelo 3D
Conteúdo da pelve feminina

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS