Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Introdução às complicações do trabalho de parto e do parto

Por

Julie S. Moldenhauer

, MD, Children's Hospital of Philadelphia

Última revisão/alteração completa jan 2020| Última modificação do conteúdo jan 2020
Clique aqui para a versão para profissionais

Geralmente, o trabalho de parto e o parto ocorrem sem qualquer problema. Problemas graves são relativamente raros e a maior parte pode ser prevista e tratada com eficiência. No entanto, às vezes os problemas surgem de forma repentina e inesperada. Consultas regulares ao médico ou parteira certificada durante a gravidez ajudam a prever possíveis problemas e a aumentar as chances de ter um bebê saudável e um parto seguro.

Os problemas podem incluir

A placenta acreta pode ser descoberta durante a gestação ou apenas depois do parto.

A maioria dos problemas fica evidente antes de o trabalho de parto ter início. Esses problemas incluem

Alguns problemas (complicações) que se desenvolvem durante a gestação podem causar problemas durante o trabalho de parto ou o parto. Por exemplo, a pré-eclâmpsia (pressão arterial elevada com proteína na urina) pode levar ao descolamento prematuro da placenta do útero (ruptura prematura da placenta) e problemas no recém-nascido.

Alguns problemas se desenvolvem ou se tornam evidentes durante o trabalho de parto ou o parto. Esses problemas incluem

Quando ocorre o desenvolvimento de complicações, pode ser necessário usar alternativas ao trabalho de parto espontâneo e ao parto normal. Incluem

Alguns problemas ocorrem imediatamente após o parto do feto, na hora em que a placenta está sendo parida. Incluem

Momento do trabalho de parto e do parto

Menos de 10% das mulheres dão à luz no dia indicado (geralmente estimado como em torno da 40ª semana de gravidez). Aproximadamente 50% das mulheres dão à luz dentro de uma semana (antes ou depois) e perto de 90% dão à luz em até duas semanas da data prevista.

Você sabia que...

  • Somente aproximadamente 10% das mulheres dão à luz na data prevista.

O trabalho de parto pode ter início

  • Com muita antecedência (prematuro): Antes da 37ª semana de gestação

  • Com atraso (pós-termo): Após a 42ª semana de gestação

Nesses casos, a saúde ou a vida do feto pode ser colocada em risco.

O trabalho de parto pode começar com antecedência ou estar atrasado, porque a mulher ou o feto tem um problema médico ou o feto está em uma posição anormal.

Pode ser difícil determinar a duração da gravidez, pois muitas vezes não é possível determinar a data exata da concepção. No início da gravidez, um exame por ultrassom, que é seguro e indolor, pode ajudar a determinar o tempo de gestação. A partir do meio da gravidez até o final, os exames feitos por ultrassom são menos confiáveis para determinar o tempo de gestação.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS