Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Comentário: Estudo descobre que as estatinas não causaram dor muscular em pessoas que anteriormente relataram sintomas musculares graves ao tomar estatinas

Comentário
02/06/2021 Vishnu Priya Pulipati, MD, The University of Chicago Medicine; Michael H. Davidson, MD, FACC, FNLA, The University of Chicago Medicine

As estatinas são um grupo de medicamentos muito eficazes na redução do colesterol LDL (colesterol “ruim”) que é um fator de risco importante para o endurecimento das artérias (aterosclerose). A aterosclerose é uma das principais causas de ataques cardíacos e AVCs, e as estatinas são muito boas para reduzir o risco dessas doenças. No entanto, muito raramente, as estatinas podem causar distúrbios musculares sérios, como a rabdomiólise e a miopatia. Essas doenças podem causar dor muscular, de modo que os médicos e as pessoas frequentemente ficam preocupados quando pessoas que tomam estatina desenvolvem dores musculares. A preocupação era que essas dores musculares pudessem ser um efeito adverso da estatina e um aviso de que um quadro clínico muscular grave estava começando. Muitas vezes, essa preocupação levou pessoas a parar de tomar estatinas (ou a simplesmente não querer começar a tomá-las) aumentando, assim, o risco de ataque cardíaco e acidente vascular cerebral. Como as estatinas são muito úteis, os médicos têm tentado estudar se as dores musculares são realmente causadas pelas estatinas.

O BMJ (anteriormente, The British Medical Journal) relatou recentemente os resultados de um estudo clínico multicêntrico, randomizado, controlado por placebo em um grupo de pessoas que já haviam parado (ou estavam pensando em parar) de tomar estatina porque tinham dores musculares. Os pesquisadores pediram que as pessoas tomassem uma estatina ou placebo por dois meses e, em seguida, alternassem entre os dois por diversos outros períodos de dois meses. As pessoas registraram se tinham sentido qualquer sintoma muscular sem saber se estavam tomando estatina ou placebo. Essa abordagem permitiu que os pesquisadores vissem se as dores musculares eram mais prováveis enquanto as pessoas estavam tomando estatina do que quando não estavam.

Quando os resultados foram analisados, os pesquisadores observaram que cerca de 7% a 9% das pessoas sentiram dores musculares, quer estivessem tomando estatina ou placebo. Eles interpretaram esse achado como significando que as dores musculares não são incomuns em pessoas em geral e não são necessariamente um sinal de um efeito adverso ao medicamento. Assim, eles conseguiram reiniciar o tratamento de longo prazo com estatina em cerca de dois terços das pessoas do estudo.

É importante destacar que os médicos ainda não podem descartar os sintomas musculares relatados por pessoas que tomam estatina. Os médicos ainda precisam fazer uma avaliação abrangente para identificar possíveis causas dos sintomas musculares, incluindo as complicações raras do medicamento, rabdomiólise e miopatia, bem como outros distúrbios não relacionados ao medicamento. Mas os achados deste estudo podem ajudar os médicos a tranquilizar as pessoas com sintomas musculares leves e inespecíficos de que elas não precisam parar de tomar a estatina.

Teste os seus conhecimentos

Diminuição da libido em homens
Qual das seguintes é a causa mais frequente da baixa libido persistente ou falta de desejo sexual nos homens?