Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Doença de Parkinson
Doença de Parkinson
Doença de Parkinson

O cérebro é composto de substância cinzenta e branca contendo milhões de células nervosas. Essas células nervosas, ou neurônios, se comunicam através da liberação de substâncias químicas denominadas neurotransmissores. Quando um neurônio é estimulado, um neurotransmissor é liberado do neurônio e atravessa um espaço chamado sinapse; em seguida, ele se liga a um receptor em outro neurônio e, com isso, um sinal é transmitido.

A doença de Parkinson é uma degeneração da área do cérebro responsável pelos movimentos musculares, especificamente, dos neurônios pigmentados localizados na substância negra no mesencéfalo. A destruição desses neurônios resulta em uma diminuição da disponibilidade de dopamina, que é um tipo de neurotransmissor. Devido a isso, os nervos nessa área não podem enviar seu sinal para outros nervos para direcionar movimentos específicos do corpo. Consequentemente, há tremores no corpo, lentidão de movimento, rigidez e problemas de equilíbrio.

Nesses tópicos
Doença de Parkinson (DP)