Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Pneumotórax
Pneumotórax
Pneumotórax

Durante a respiração normal, os pulmões se expandem e contraem dentro da cavidade torácica. Os pulmões são envoltos por duas camadas de tecido, semelhante a um punho que foi empurrado para dentro de um balão. O espaço entre as camadas, chamada cavidade pleural, é lubrificada para que os pulmões possam deslizar confortavelmente pela parede torácica. A entrada de ar neste espaço é chamada pneumotórax. Um tipo de pneumotórax, chamado pneumotórax traumático, pode ser causado por uma lesão torácica. Uma lesão torácica romba ou penetrante pode causar uma pequena laceração na superfície do pulmão, permitindo que o ar entre na cavidade pleural e fique preso. A bolsa de ar provoca uma pressão excessiva sobre o pulmão, causando o seu colapso. Um pneumotórax espontâneo ocorre sem lesão, como resultado de certas doenças pulmonares, como asma, enfisema ou DPOC. Pode haver a formação de pequenos sacos cheios de ar, chamados bolhas, nos pulmões. Se as bolhas se rompem, elas podem liberar ar na cavidade pleural. A pressão do ar retido provoca um colapso pulmonar. No entanto, um pneumotórax espontâneo também pode se desenvolver em uma pessoa sem fatores de risco ou doença óbvia, este quadro clínico é mais frequente em fumantes e em homens entre 20 e 40 anos de idade. Um pneumotórax hipertensivo é uma complicação séria que pode se desenvolver com qualquer pneumotórax. Se o ar preso na bolsa não conseguir escapar e continuar a crescer, o aumento da pressão na cavidade pleural pode empurrar o coração e os grandes vasos sanguíneos para o outro lado do tórax. Quando esse deslocamento ocorre, ela causa uma queda significativa da pressão arterial. Esse é um quadro clínico de risco à vida, que requer atenção médica imediata.

Nesses tópicos
Pneumotórax