honeypot link

Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Cateter venoso central/cateter central inserido perifericamente
Cateter venoso central/cateter central inserido perifericamente
Cateter venoso central/cateter central inserido perifericamente

Quimioterapia é o uso de medicamentos para matar as células cancerosas. Esses medicamentos anticâncer são geralmente administrados como uma infusão intravenosa (ou IV) e gotejam para o interior da corrente sanguínea em uma velocidade constante prescrita. Picadas repetidas de agulha nas veias podem causar cicatrização ou enfraquecimento das veias, inutilizando-as para uso repetido prolongado. Uma alternativa é a inserção de um cateter venoso central, ou CVC. O CVC é implantado cirurgicamente em uma grande veia situada no tórax ou pescoço e deslizado até atingir a veia cava superior. O cateter é, então, fixado ao tórax. Após a inserção, o CVC pode ser utilizado para administrar terapia IV ou para retirar sangue para exames laboratoriais. Os CVCs geralmente permanecem no lugar por um longo período de tempo e beneficiam pacientes que precisam de quimioterapia em longo prazo. Outro tipo de acesso venoso de longo prazo é uma linha PICC, ou cateter central inserido perifericamente. Em comparação a uma linha CVC, uma linha PICC é inserida em uma veia do braço ou da mão. Como acontece com o CVC, o cateter é deslizado ao longo de veias de calibre maior até atingir a veia cava superior. Tanto as linhas CVC como PICC permitem o acesso venoso de longo prazo sem picadas frequentes de agulha. Alguns tratamentos podem até mesmo ser administrados em casa com um CVC. Tanto as linhas CVC como PICC têm um alto risco de infecção. Deve-se utilizar sempre técnicas estéreis.

Nesses tópicos
Quimioterapia