honeypot link

Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Substituição da válvula aórtica
Substituição da válvula aórtica
Substituição da válvula aórtica

O coração é um músculo pulsante que bombeia sangue para todo o corpo. No interior do coração, quatro válvulas direcionam o fluxo de sangue. Duas válvulas controlam o fluxo de sangue das câmaras superiores, ou átrios, para as câmaras inferiores, ou ventrículos. Duas outras válvulas controlam o fluxo de sangue dos ventrículos para os pulmões e para o resto do corpo. Durante um batimento cardíaco normal, o ventrículo esquerdo bombeia o sangue rico em oxigênio através da válvula aórtica para que ele seja distribuído por todo o corpo. Uma válvula aórtica saudável tem três cúspides que se abrem amplamente para permitir o fluxo sanguíneo durante a contração ventricular; em seguida, as cúspides se fecham firmemente para impedir o refluxo do sangue durante o relaxamento ventricular. A estenose aórtica é uma doença em que a válvula aórtica se torna estreita, rígida ou espessada. Isso bloqueia gravemente o fluxo de sangue proveniente do ventrículo. A regurgitação aórtica é um quadro que surge quando a válvula aórtica se enfraquece e não se fecha totalmente, causando o refluxo do sangue para o ventrículo esquerdo. Em ambos os quadros clínicos, o músculo cardíaco precisa trabalhar mais para impulsionar a mesma quantidade de sangue rico em oxigênio para o resto do corpo. Isso pode resultar em insuficiência cardíaca. Quando as válvulas não funcionam adequadamente, elas precisam ser reparadas ou substituídas. Se a válvula for substituída, pode-se usar uma válvula artificial (mecânica) ou uma válvula de tecido biológico. As válvulas mecânicas são muito duráveis e duram mais do que as válvulas biológicas. Entretanto, pacientes com válvulas mecânicas terão que usar medicamentos para afinar o sangue pelo resto da vida para prevenir coágulos de sangue. A cirurgia minimamente invasiva é uma opção em alguns pacientes. O médico pode optar por acessar o coração através das costelas ou por uma incisão menor na região superior do tórax. Isso reduz o dano aos tecidos e o tempo de recuperação. Durante a cirurgia convencional de substituição de válvula artificial, uma incisão é feita no tórax para acessar o coração. Faz-se a parada do coração e uma máquina de desvio coração-pulmão assume o trabalho do coração e dos pulmões. Em seguida, faz-se uma incisão na aorta inferior para localizar a válvula aórtica. A válvula aórtica danificada é retirada e substituída pela válvula artificial. Depois que o batimento cardíaco é restaurado, a válvula é testada para garantir que esteja funcionando adequadamente. Existem várias complicações potenciais associadas a este procedimento que devem ser discutidas com um médico antes da cirurgia. Muitas vezes se faz cirurgia para substituir válvulas aórticas ou mitrais, mas seu médico poderá substituir qualquer válvula cardíaca. Recomenda-se consultar seu médico para que ele possa determinar a forma de tratamento mais adequada para você.