Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Medicamentos usados para tratar glaucoma

Medicamentos usados para tratar glaucoma

Medicamento

Alguns efeitos colaterais

Comentários

Compostos semelhantes à prostaglandina

Bimatoprosta

Latanoprosta

Tafluprosta

Travoprosta

Aumento da pigmentação da pele e do olho

Alongamento e espessamento dos cílios

Dores musculares, nas articulações e nas costas

Erupção cutânea

Possível piora da inflamação na parte da frente do olho (uveíte)

Como funcionam: Aumenta o fluxo de humor aquoso

Administrado como: Colírio

Outros comentários: Esses colírios têm poucos efeitos colaterais sistêmicos sérios.

Betabloqueadores

Timolol

Betaxolol

Carteolol

Levobetaxolol

Levobunolol

Metipranolol

Falta de ar nas pessoas com asma ou outros distúrbios do pulmão que causam sibilos.

Redução da frequência cardíaca

Insônia

Fadiga

Depressão

Confusão

Disfunção sexual

Como funcionam: Reduzem a produção de humor aquoso

Administrado como: Colírio

Outros comentários: Esses colírios não afetam o tamanho da pupila. Alguns efeitos colaterais são piores em pessoas com doenças cardíacas ou vasculares.

Alguns efeitos colaterais podem se desenvolver lentamente e podem ser erroneamente atribuídos ao envelhecimento ou a outros processos corporais.

Medicamentos colinérgicos*

Carbacol

Pilocarpina

Sudorese

Dor de cabeça

Tremor involuntário

Tremor

Produção excessiva de saliva

Diarreia, dores abdominais, náuseas

Como funcionam: Constrição da pupila (miose) e produção aumentada no fluxo do humor aquoso

Administrado como: Colírio

Outros comentários: Esses colírios não são tão eficazes quanto betabloqueadores.

Pessoas com pupilas mais escuras podem precisar de colírios mais fortes.

Esses medicamentos dificultam a adaptação dos olhos à escuridão.

Inibidores de colinesterase*

Ecotiofato

O mesmo que agonistas colinérgicos, mas com maior probabilidade de ocorrência

Como funcionam: Constrição da pupila (miose) e produção aumentada no fluxo do humor aquoso

Administrado como: Colírio

Outros comentários: Esses colírios têm uma ação muito prolongada.

Eles podem causar catarata e descolamento de retina e não devem ser usados por pessoas com glaucoma de ângulo fechado.

Esses medicamentos dificultam a adaptação dos olhos à escuridão.

Inibidor da Rho quinase

Netarsudil

Vermelhidão ocular

Vasos sanguíneos rompidos no olho

Depósitos na córnea

Como funcionam: Aumenta o fluxo de humor aquoso

Administrado como: Colírio

Agonistas alfa-adrenérgicos

Apraclonidina

Brimonidina

Aumento da pressão arterial ou frequência cardíaca

Ritmo cardíaco anormal

Pode dilatar excessivamente a pupila

Apraclonidina: Alta incidência de reações alérgicas e redução da resposta se ministrado por muito tempo, necessitando de doses maiores para obter o mesmo efeito (taquifilaxia)

Brimonidina: Pode causar boca seca, tem uma incidência de reações alérgicas mais baixa do que outros medicamentos, e pode ser fatal em crianças menores de 2 anos de idade.

Como funcionam: Reduz a produção de humor aquoso e aumenta o fluxo de humor aquoso

Administrado como: Colírio

Inibidores da anidrase carbônica

Acetazolamida

Brinzolamida

Dorzolamida

Metazolamida

Acetazolamida e metazolamida:

Fadiga

Paladar alterado

Perda de apetite

Depressão

Cálculos renais

Anomalias no nível de sal (eletrólito) do corpo

Dormência ou formigamento

Contagem de células sanguíneas alta ou baixa (discrasias sanguíneas)

Perda de peso

Náusea

Diarreia

Brinzolamida e dorzolamida:

Gosto ruim na boca

Erupção cutânea

Como funcionam: Reduzem a produção de humor aquoso

Administrado como: Para acetazolamida: Via oral ou intravenosa

Para a metazolamida: Via oral

Para a brinzolamida e a dorzolamida: Colírio

Diuréticos osmóticos

Glicerina

Manitol

Aumenta a produção de urina

Pode ter efeitos colaterais graves em algumas pessoas (por exemplo, piora da insuficiência cardíaca ou disfunção cerebral) alterando o nível de sal (eletrólito) no corpo ou pode causar desidratação

Como funcionam: Aumentam a concentração de sais no sangue, o que drena líquido do olho por osmose

Administrado como: Para a glicerina: Via oral

Para o manitol: Via intravenosa

Outros comentários: Esses medicamentos são mais frequentemente usados para tratar glaucoma de ângulo fechado.

* Esses medicamentos são raramente usados.