Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Algumas causas e características da dor escrotal

Algumas causas e características da dor escrotal

Causa

Características comuns*

Exames

Torção testicular (giro de um testículo)

Dor intensa e constante que começa repentinamente em um testículo

Um testículo que pode ser puxado para cima mais perto do corpo do que do outro testículo

Ocorre com mais frequência em recém-nascidos e meninos após a puberdade, mas algumas vezes em adultos

Torção do apêndice testicular (torção de um pequeno pedaço de tecido fixado aos testículos)

Dor que normalmente se desenvolve por vários dias e que ocorre na parte superior do testículo

Algumas vezes, inchaço ao redor do testículo

Ocorre tipicamente em meninos com 7 a 14 anos de idade

Ultrassonografia

Epididimite (inflamação do epidídimo) ou orquiepididimite (inflamação de um epidídimo e testículo)

Dor que começa gradualmente ou repentinamente no epidídimo e, algumas vezes, no testículo

Possivelmente micção frequente ou dor ou queimação durante a micção

Possivelmente em homens que levantaram muito peso ou fizeram esforço recentemente

Frequentemente, inchaço do escroto

Algumas vezes, uma secreção do pênis

Ocorre tipicamente em meninos após a puberdade e em homens

Urinálise e cultura de urina

Algumas vezes, exames para verificar a presença de doenças sexualmente transmissíveis

Lesões

Em homens que tenham tido um ferimento nos genitais

Frequentemente, inchaço do escroto

Ultrassonografia

Hérnia inguinal (uma hérnia na virilha)

Tipicamente, em homens que têm uma protuberância indolor na virilha há muito tempo, frequentemente naqueles que sabem que têm uma hérnia.

Uma protuberância que

  • Parece macia e em formato de balão

  • Tipicamente aumenta quando os homens estão na posição ereta ou a pressão dentro do abdômen aumenta (por exemplo, quando pressionado com um movimento do intestino ou ao levantar peso)

  • Algumas vezes desaparece quando se deita

  • Algumas vezes pode ser colocada para dentro do abdômen

Dor que começa gradual ou repentinamente, tipicamente quando a protuberância não pode ser colocada para dentro do abdômen

Exame médico

Dor referida (por exemplo, dor que vem de um aneurisma da aorta abdominal, cálculos no trato urinário, pressão nas raízes nervosas espinhais na parte inferior da coluna, apendicite ou um tumor ou dor que ocorre após uma hérnia ser tratada)

Resultados normais detectados durante o exame do escroto

Algumas vezes sensibilidade abdominal

Depende das descobertas do exame e da causa suspeitada

Orquite (infecção dos testículos), normalmente devido a um vírus, como o vírus da caxumba

Dor no escroto e abdômen, náusea e febre

Inchaço e algumas vezes vermelhidão no escroto

Exames de sangue repetidos para medir os anticorpos ao vírus suspeito de ser a causa

Infecção necrosante do períneo (a área entre os genitais e o ânus), chamada de gangrena de Fournier

Dor intensa, aparência doentia, febre e, algumas vezes, confusão, dificuldade em respirar, suor ou tontura

Vermelhidão do escroto ou bolhas ou tecido morto na área dos genitais

Algumas vezes nos homens que recentemente fizeram cirurgia abdominal

Mais comum entre homens mais idosos com diabetes, doença arterial periférica ou ambas

Normalmente somente um exame realizado pelo médico

Algumas vezes, exames de imagem

*As características incluem os sintomas e os resultados do exame médico. As características mencionadas são típicas, mas nem sempre estão presentes.