Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Alguns fármacos quimioterápicos

Alguns fármacos quimioterápicos

Exemplos

Como o fármaco funciona

Alguns efeitos colaterais

Agentes alquilantes

Clorambucila

Ciclofosfamida

Melfalana

Formam uma ligação química com o DNA, causando quebras no DNA e erros na replicação de DNA

Suprimem a medula óssea

Lesionam o revestimento do estômago

Causam queda de cabelos

Podem diminuir a fertilidade

Suprimem o sistema imunológico

Podem causar leucemia

Antimetabólitos

Citarabina

Fludarabina

5-fluoruracila

Metotrexato

6-mercaptopurina

Bloqueiam a síntese de DNA

O mesmo para agentes alquilantes

Não aumentam o risco de leucemia

Antimitóticos

Abraxane

Cabazitaxel

Docetaxel

Paclitaxel

Vincristina

Virorrelbina

Bloqueiam a divisão das células cancerosas

O mesmo para agentes alquilantes

Também podem causar lesão nos nervos

Não causam leucemia

Inibidores da topoisomerase

Daunorrubicina

Doxorrubicina

Etoposida

Idarrubicina

Irinotecano

Topotecano

Evitam a síntese de DNA e reparo por meio do bloqueio de enzimas chamadas topoisomerases

O mesmo para agentes alquilantes

A doxorrubicina pode causar lesão ao coração

Derivados de platina

Carboplatina

Cisplatina

Oxaliplatina

Formam ligações com DNA, causando quebras

O mesmo para agentes alquilantes

Também pode causar lesão nos nervos e rins e perda de audição

Terapia hormonal

Tamoxifeno

Bloqueia a ação do estrogênio (no câncer de mama)

Pode causar câncer do endométrio, coágulos sanguíneos e ondas de calor

Inibidores da aromatase

Bicalutamida

Flutamida

Leuprolida

Bloqueiam a ação do androgênio (no câncer de próstata)

Podem causar disfunção erétil (impotência) e diarreia

Anastrozol

Exemestano

Letrozol

Bloqueiam a formação de estrogênio

Podem causar perda óssea (osteoporose) e sintomas de menopausa

Inibidores de sinalização

Bosutinibe

Dasatinibe

Imatinibe

Nilotinibe

Ponatinibe

Bloqueiam o sinal para divisão celular na leucemia mielocítica crônica.

Podem causar resultados anômalos nos testes de função hepática e retenção de fluido.

Gefitinibe

Erlotinibe

Bloqueiam o receptor do fator de crescimento epidérmico

Podem causar erupção cutânea e diarreia

Anticorpos monoclonais

Gentuzumabe ozogamicina

Contém um anticorpo específico que adere a um receptor que se encontra em células leucêmicas, e libera uma dose tóxica do seu componente antineoplásico nas células leucêmicas

Pode causar supressão prolongada de plaquetas, o que aumenta o risco de sangramento

Rituximabe

Induz à morte celular por meio da ligação aos receptores da superfície celular nos tumores derivados de linfócitos

Pode causar reações alérgicas

Trastuzumabe

Bloqueia os receptores do fator de crescimento em células do câncer de mama

Pode causar insuficiência cardíaca

O modificador de resposta biológica (fármaco que ativa o sistema imunológico do corpo para combater o câncer)

Interferon-alfa

Desconhecido

Pode causar febre, arrepios, supressão da medula óssea, deficiência da tireoide e hepatite

Fármacos diferenciadores (fármacos que causam o amadurecimento das células cancerosas e param seu crescimento)

Tretinoína

Induz à diferenciação e morte de células leucêmicas

Pode causar grave dificuldade respiratória (dispneia)

Trióxido arsênico

Induz à diferenciação e morte de células leucêmicas

Causa ritmos cardíacos anormais e erupção cutânea

Fármacos antiangiogênicos (fármacos que bloqueiam a formação de vasos sanguíneos)

Bevacizumabe

Bloqueia o fator de crescimento endotelial vascular (VEGF)

Pode causar pressão arterial alta, perda de proteína na urina, sangramento, coágulo sanguíneo e perfuração intestinal

Pazopanibe

Sorafenibe

Sunitinibe

Vandetanibe

Vemurafenibe

Bloqueia receptores do VEGF

Pode causar pressão arterial alta e perda de proteína na urina