Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Algumas complicações comuns da diálise peritoneal

Algumas complicações comuns da diálise peritoneal

Complicações

Causa

Perda de líquido ou sal demais durante a diálise

Hemorragia

Perfuração não intencional de um órgão interno durante a colocação do cateter

Remoção do cateter do corpo

Irritação e inflamação da membrana que reveste o abdômen (peritônio) ou da área ao redor do local de inserção (quando o cateter não sela a parede abdominal)

Infecção

Técnica não estéril durante a diálise

Nível baixo de albumina (uma proteína) no sangue

Perda de proteína no líquido removido durante a diálise, juntamente com proteína inadequada na dieta

Cicatrização do peritônio*

Inflamação e infecção

Eletrólitos no líquido da diálise

Uso de certos medicamentos

Um nível alto de açúcar (glicose) no sangue

Uso de um dialisante peritoneal que tem uma alta concentração de glicose (usado para remover a água e o sódio durante a diálise)

Pressão aumentada dentro do abdômen causada por exposição contínua a altos níveis de líquidos, o que enfraquece as barreiras que normalmente evitam o movimento excessivo dos órgãos e outras estruturas.

Ingestão de fibras inadequadas ou uso de sais de cálcio para tratar os altos níveis de fosfato no sangue, fazendo o intestino alargar, o que possivelmente interfere com o fluxo do dialisante dentro e fora do abdômen.

*O peritônio atua como um filtro na diálise peritoneal. Quando o peritônio possui cicatrizes, os líquidos e os resíduos não podem mais passar prontamente através dele para serem removidos.