Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Algumas causas e características da diarreia

Algumas causas e características da diarreia

Causa

Características comuns*

Exames

Aguda (menos de uma semana)†

Gastroenterite causada por vírus, bactérias ou parasitas‡

Com frequência, vômitos

Raramente há febre ou sangue nas fezes

Pouca ou nenhuma dor abdominal (exceto ao vomitar)

Às vezes, contato recente com pessoas infectadas (como aquelas em centros de tratamento ambulatorial, acampamentos ou cruzeiros), com animais em um zoológico (onde Escherichia [E.] coli pode ser adquirida) ou com répteis (onde a bactéria Salmonella pode ser adquirida)

Às vezes, consumo recente de alimentos mal cozidos e contaminados ou água contaminada

Exame médico

Às vezes, exame e análise das fezes

Diarreia que começou subitamente, geralmente com vômito, em até quatro a oito horas após a ingestão de alimentos contaminados

Geralmente presente em outras pessoas

Normalmente, com duração de 12 a 24 horas

Exame médico

Efeitos colaterais de medicamentos‡ (incluindo antibióticos, diversos medicamentos quimioterápicos para câncer, colchicina e quinino/quinidina)

Uso recente de medicamento que causa diarreia

Frequentemente, nenhum outro sintoma

Exame médico

Às vezes, exames para detectar a toxina da Clostridioides difficile (antigamente denominada Clostridium difficile) nas fezes

Crônica (quatro semanas ou mais)

Fatores alimentares, como

  • Intolerância ao leite de vaca

  • Excesso de ingestão de certas frutas ou sucos (como pera, maçã ou ameixa)

Diarreia apenas após consumir uma substância que poderia causar diarreia

Inchaço abdominal e passagem de gás (flatulência)

Diarreia explosiva

Exame médico

Às vezes, um exame de ar exalado para detectar hidrogênio, indicando alimentos não digeridos

Exame e análise das fezes para verificação de carboidratos não absorvidos

Diarreia intermitente associada com dor abdominal

Geralmente diarreia alternando com constipação

Ausência de hemorragia, perda de peso ou febre

Geralmente começa na adolescência ou por volta dos 20 anos

Sintomas normalmente presentes por mais de 12 semanas

Alterações na frequência da defecação ou na consistência das fezes

Exame médico

Às vezes, exames de sangue e colonoscopia

Doença inflamatória do intestino, como

Sangue nas fezes, cólicas abdominais, perda de peso e perda do apetite

Ocasionalmente artrite, erupções cutâneas, aftas na boca e rupturas no reto

Colonoscopia

TC ou RM

Exames de fezes

Distúrbios de má absorção, tal como

Fezes de cor clara, macias, volumosas e de odor incomumente ruim que podem parecer oleosas

Inchaço abdominal e flatulência

Perda de peso

Para espru tropical, residência por longo período (mais de um mês) em um país tropical

Para insuficiência pancreática, geralmente em uma pessoa com diagnóstico de distúrbio do pâncreas (como, por exemplo, pancreatite crônica ou fibrose cística)

Exames para medir a quantidade de gordura em amostras de fezes coletadas ao longo de vários dias

Em caso de suspeita de doença celíaca, exames de sangue para medir níveis de anticorpos produzidos quando as pessoas com a doença celíaca ingerem alimentos contendo glúten

Biópsia do intestino delgado para doença celíaca e espru tropical, especialmente doença celíaca

Certos tumores

Para câncer de cólon, algumas vezes sangue nas fezes, diâmetro reduzido das fezes e perda de peso

Para tumores endócrinos, vários sintomas, incluindo dor abdominal ou cólica, vermelhidão e diarreia líquida intensa

Exames de sangue

Colonoscopia

Geralmente nervosismo, intolerância a ambientes quentes, fadiga, palpitações, perda de peso e frequência cardíaca acelerada

Exames de sangue

Cirurgia no estômago ou intestino (por exemplo, derivação gástrica para perda de peso ou retirada de uma grande parte do intestino)

Cirurgia recente óbvia

Exame médico

* As características incluem os sintomas e os resultados do exame médico. As características mencionadas são típicas, mas nem sempre estão presentes.

† A presença de diarreia entre uma a quatro semanas pode ser um caso duradouro de diarreia aguda ou o estágio inicial de um distúrbio que causa diarreia crônica.

‡ Alguns tipos de infecção e medicamentos também podem causar diarreia crônica.

TC = tomografia computadorizada; HIV = vírus da imunodeficiência humana; RM = imagem por ressonância magnética.