Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Medicamentos antipsicóticos

Medicamentos antipsicóticos

Medicamento

Alguns efeitos colaterais

Comentários

Medicamentos antipsicóticos de primeira geração

Clorpromazina

Flufenazina*

Haloperidol*

Loxapina

Molindona

Perfenazina

Pimozida

Tioridazina

Tiotixeno

Trifluorperazina

Boca seca

Visão embaçada

Convulsões

Frequência cardíaca acelerada e pressão arterial baixa

Constipação

Tremor e rigidez muscular repentinos, normalmente reversíveis, que podem progredir para rigidez

Movimentos involuntários da face e braços (discinesia tardia)

Rigidez muscular, febre, hipertensão arterial e alterações na função mental (síndrome neuroléptica maligna)

Os efeitos colaterais são muito mais prováveis nas pessoas idosas e em pessoas com falta de equilíbrio ou problemas de saúde sérios.

As formas injetáveis de ação prolongada de haloperidol e flufenazina estão disponíveis.

Exame do olho e eletrocardiografia (ECG) são recomendados enquanto a pessoa está tomando a tioridazina.

Medicamentos antipsicóticos de segunda geração

Aripiprazol*

Asenapina

Brexpiprazol

Cariprazina

Clozapina

Iloperidona

Lumateperona

Lurasidona

Olanzapina*

Paliperidona

Quetiapina

Risperidona*

Ziprasidona

Sonolência e ganho de peso (mais comum), que pode ser substancial

Alguns desses medicamentos aumentam o risco de acúmulo de gordura no abdômen, níveis anormais de colesterol no sangue, hipertensão arterial e resistência aos efeitos da insulina (síndrome metabólica)

Os medicamentos antipsicóticos mais recentes são menos propensos a causar tremor, rigidez muscular, movimentos involuntários (incluindo discinesia tardia) e síndrome neuroléptica maligna, mas esses efeitos podem ocorrer.

Uma forma injetável de longa duração está disponível para aripiprazol, olanzapina e risperidona.

A clozapina é usada com muito menos frequência, porque ela pode causar a supressão da medula óssea, uma diminuição no número de glóbulos brancos e convulsões. Entretanto, ela é bastante eficaz em pessoas que não respondem a outros medicamentos.

A clozapina e a olanzapina têm maior probabilidade de causar ganho de peso e o aripiprazol tem menor probabilidade.

A ziprasidona não causa ganho de peso, mas pode produzir anormalidades em um eletrocardiograma.

O aripiprazol, o brexpiprazol, a cariprazina e a ziprasidona têm menos propensão de causar síndrome metabólica.

A lumateperona tem um risco menor de causar efeitos colaterais metabólicos e motores, mas é contraindicada para pessoas idosas com psicose relacionada à demência.

* Disponíveis na forma de injeção intramuscular (IM) de ação prolongada para pessoas que têm dificuldade em tomar medicamentos orais.