Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Tratamento do câncer de mama com base no tipo

Tratamento do câncer de mama com base no tipo

Tipo

Possíveis tratamentos

Carcinoma dutal in situ (câncer confinado nos dutos de leite da mama)

Mastectomia

Às vezes, cirurgia de conservação da mama (remoção do tumor, deixando o máximo possível da mama intacta) com ou sem radioterapia

Às vezes, medicamentos de bloqueio hormonal

Carcinoma lobular in situ, clássico (câncer confinado às glândulas produtoras de leite da mama)

Cirurgia para remover o tumor

Observação, além de exames e mamografias regulares

Administração de tamoxifeno ou, para algumas mulheres na pós-menopausa, de raloxifeno ou de um inibidor de aromatase (por exemplo, o anastrozol, o exemestano ou o letrozol) para reduzir o risco de câncer invasivo

Em casos raros, mastectomia bilateral (remoção das duas mamas) para prevenir câncer invasivo

Carcinoma lobular in situ, pleomórfico (que, diferentemente do tipo clássico, dá origem a câncer invasivo)

Cirurgia para remover a região anômala

Algumas vezes, tamoxifeno ou raloxifeno para tentar prevenir o câncer

Câncer nos estádios I e II (estádio inicial)

Quimioterapia antes da cirurgia se o tumor tiver mais cinco centímetros ou estiver preso à parede torácica

Cirurgia de conservação da mama para remover o tumor e um pouco de tecido ao redor, seguida por radioterapia

Mastectomia com ou sem reconstrução da mama

Após a cirurgia, quimioterapia, medicamentos de bloqueio hormonal, medicamentos anti-HER2 (por exemplo, o trastuzumabe) ou uma combinação, exceto em algumas mulheres na pós-menopausa, cujos tumores medem menos de meio a um centímetro e não há câncer nos linfonodos

Câncer no estádio III (localmente avançado) (incluindo câncer de mama inflamatório)

Quimioterapia ou, às vezes, medicamentos de bloqueio hormonal antes da cirurgia para reduzir o tamanho do tumor

Cirurgia de conservação da mama ou mastectomia se o tumor for pequeno o suficiente para ser completamente removido

Geralmente, radioterapia após a cirurgia

Às vezes, quimioterapia, medicamentos de bloqueio hormonal ou ambos, após a cirurgia

No caso de câncer de mama inflamatório, mastectomia, quimioterapia e radioterapia

Câncer no estádio IV (metastático)

Medicamentos de bloqueio hormonal, terapia de ablação ovariana* ou quimioterapia se o câncer provocar sintomas e ocorrer em vários locais

Trastuzumabe se as células cancerosas tiverem uma quantidade excessiva de receptores de HER2, às vezes com pertuzumabe

Radioterapia para o seguinte:

  • Metástases para o cérebro

  • Metástases que se repetem na pele

  • Metástases que ocorrem em uma região do osso e que apresentam sintomas

Para metástases para o osso, bifosfonatos (como zoledronato ou pamidronato) administrados por via intravenosa para reduzir a dor óssea e perda de massa óssea

Doença mamilar de Paget

Se câncer de mama também estiver presente, o tratamento se baseia no tipo de câncer de mama

Ocasionalmente, remoção cirúrgica de apenas aquele mamilo com um pouco do tecido normal ao seu redor (excisão local)

Câncer de mama que se repete na mama ou nas estruturas ao redor

Mastectomia, às vezes precedida por quimioterapia ou medicamentos de bloqueio hormonal

Às vezes, radioterapia

Quimioterapia ou terapia hormonal

Tumores filoides

Excisão ampla

Radioterapia se o tumor for canceroso

Mastectomia se o tumor for grande ou se o resultado de uma análise das células anômalas sugerir a presença de câncer

*A terapia de ablação ovariana envolve a remoção dos ovários ou uso de medicamentos para eliminar a produção de estrogênio pelos ovários. Os ovários são a principal fonte de estrogênio em mulheres na pré-menopausa.