Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Ciclo de vida do Cryptosporidium
Life Cycle of  <i>Cryptosporidium</i>
Ciclo de vida do Cryptosporidium

Os parasitas Cryptosporidium são transmitidos principalmente pelo contato com água contaminada (por exemplo, bebendo água ou em piscinas) e, ocasionalmente, por alimentos contaminados.

  • 1. Os ovos (oocistos) são excretados pelo hospedeiro infectado nas fezes e, possivelmente, nas secreções respiratórias. Os ovos podem causar infecção (são infecciosos) quando excretados.

  • 2 a 3 (a–k). Os ovos são ingeridos na água ou alimentos contaminados (ou, possivelmente, inalados) e maturam dentro do corpo. Os parasitas mudam de forma várias vezes. Eles se multiplicam de forma assexuada primeiro. Em seguida, os parasitas se desenvolvem em uma forma masculina (microgamonte) e em uma forma feminina (macrogamonte). Essas formas se acasalam e produzem ovos. São produzidos dois tipos de ovos: ovos de paredes espessas, que são comumente excretados pela pessoa infectada, e ovos de paredes finas, que estão envolvidos principalmente na infecção de si mesmo (autoinfecção). Na autoinfecção, os ovos se desenvolvem em formas adultas e causam infecção sem nunca deixar o organismo.

Imagem por cortesia da biblioteca de imagens dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças.

Nesses tópicos
Criptosporidiose