Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Filtros da veia cava inferior: Uma forma de prevenir a embolia pulmonar
Inferior Vena Cava Filters: One Way to Prevent Pulmonary Embolism
Filtros da veia cava inferior: Uma forma de prevenir a embolia pulmonar

Em pessoas com trombose venosa profunda, um coágulo pode se soltar de uma veia afetada na perna e viajar através da corrente sanguínea. Um coágulo que se desprende é chamado êmbolo.

O êmbolo se desloca para o coração e passa através do átrio e do ventrículo direitos e por uma das artérias pulmonares, que transportam o sangue para os pulmões. O coágulo pode se alojar em uma artéria em um pulmão e bloquear o fluxo sanguíneo, resultando em embolia pulmonar. A embolia pulmonar pode ser de risco à vida, dependendo do tamanho da artéria bloqueada.

Para prevenir a embolia pulmonar, são usados medicamentos que limitam a coagulação do sangue. Entretanto, em alguns casos, os médicos podem recomendar que um filtro (antigamente conhecido por guarda-chuva) seja colocado temporária ou permanentemente na veia cava inferior. Esse dispositivo de filtro é normalmente recomendado quando os medicamentos que limitam a coagulação (anticoagulantes ou afinadores de sangue) não puderem ser utilizados, por exemplo, quando a pessoa também estiver com hemorragia. O filtro pode reter os êmbolos antes que cheguem ao coração, mas permite que o sangue circule livremente. Às vezes, os êmbolos retidos dissolvem-se naturalmente.

Entretanto, os filtros não eliminam completamente o risco de êmbolos. Às vezes, outras veias das pernas aumentam, permitindo que o sangue e os êmbolos se desviem do filtro. Além disso, os filtros podem se desprender ou ficar bloqueados por um coágulo. Os filtros são muito menos eficazes para prevenir a embolia pulmonar do que o tratamento com anticoagulantes.