Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Considerações gerais sobre a resposta medicamentosa

Por

Shalini S. Lynch

, PharmD, University of California San Francisco School of Pharmacy

Última revisão/alteração completa ago 2019| Última modificação do conteúdo ago 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

Cada pessoa responde aos medicamentos de uma maneira diferente. A maneira como uma pessoa responde a um medicamento é afetada por muitos fatores, incluindo

  • Idade

  • Tamanho do corpo

  • O uso de outras substâncias e suplementos alimentares (como ervas medicinais)

  • Consumo de alimentos (incluindo bebidas)

  • Presença de doenças (como doença renal ou hepática)

  • Armazenamento do medicamento (se o medicamento foi armazenado por tempo demais ou em condições ambientais erradas)

  • Desenvolvimento de tolerância e resistência

Por exemplo, uma pessoa grande geralmente precisa de uma dose maior de um medicamento do que uma pessoa menor para obter o mesmo efeito. Se as pessoas tomam o medicamento como prescrito (aderência) também afeta sua resposta ao mesmo. Esses fatores podem afetar a forma como o corpo absorve o medicamento, como o corpo decompõe (metaboliza) e elimina o medicamento ou quais efeitos o medicamento tem sobre o corpo.

Como muitos fatores afetam a resposta medicamentosa, os médicos devem escolher um medicamento apropriado para cada pessoa e devem ajustar a dose cuidadosamente. Esse processo é mais complexo se a pessoa toma outros medicamentos e tem outras doenças, pois interações entre medicamentos e entre o medicamento e a doença são possíveis.

Uma dose padrão ou média é determinada para cada medicamento novo. Porém, o conceito de dose padrão pode ser semelhante ao de “tamanho único” para roupas: Ele pode servir em várias pessoas, mas em quase ninguém ele serve perfeitamente. Para alguns medicamentos, no entanto, a dose não precisa ser ajustada, pois a mesma dose funciona bem em praticamente todos.

Efeitos da idade na resposta ao medicamento

Bebês e pessoas idosas em especial têm problemas de resposta a medicamentos. Seu fígado e rins funcionam com menor eficácia, de modo que os medicamentos metabolizados pelo fígado ou excretados pelos rins tendem a se acumular, o que pode, consequentemente, causar problemas.

As pessoas idosas normalmente têm mais doenças do que crianças e adultos jovens e, geralmente, tomam mais medicamentos (veja Medicamentos e envelhecimento). Quanto mais medicamentos as pessoas tomam, maior a possibilidade de terem problemas causados por medicamentos que interagem com outro medicamento ou que afetam alguma doença. Com o envelhecimento, as pessoas também têm mais dificuldades para seguir instruções complicadas, como tomar o medicamento em horários específicos ou evitar certos alimentos.

Muitos fatores afetam a resposta medicamentosa

Muitos fatores afetam a resposta medicamentosa
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Considerações gerais sobre a absorção, metabolismo e excreção...
Vídeo
Considerações gerais sobre a absorção, metabolismo e excreção...
Inaladores
Vídeo
Inaladores
Algumas pessoas sentem dificuldade para respirar devido a uma doença que cause constrição...

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS