Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Picadas de abelhas, vespas, vespões e formigas

Por

Robert A. Barish

, MD, MBA, University of Illinois at Chicago;


Thomas Arnold

, MD, Department of Emergency Medicine, LSU Health Sciences Center Shreveport

Última revisão/alteração completa set 2018| Última modificação do conteúdo set 2018
Clique aqui para a versão para profissionais
Fatos rápidos
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

As picadas de abelhas, vespas e vespões são comuns nos Estados Unidos. Algumas formigas também picam.

  • As picadas de abelhas, vespas, vespões e formigas geralmente causam dor, vermelhidão na pele, inchaço e coceira.

  • As reações alérgicas não são comuns, mas podem ser sérias.

  • Os ferrões devem ser removidos e os sintomas podem ser aliviados com um creme ou uma pomada.

(Consulte também Introdução a mordidas e picadas).

Uma pessoa normal pode seguramente tolerar 10 picadas por quilo de peso corporal. Isso significa que um adulto poderia suportar mais de 1.000 picadas, ao passo que 500 picadas poderiam matar uma criança. No entanto, em uma pessoa alérgica a essas picadas, uma só picada pode provocar a morte devido a uma reação anafilática (uma reação alérgica com risco à vida, na qual a pressão arterial cai e as vias respiratórias se fecham).

Nos Estados Unidos, o número de mortes originadas por picadas de abelhas é 3 a 4 vezes superior ao causado por mordidas de serpentes. Um tipo mais agressivo de abelha, chamado abelha africanizada (abelha assassina), alcançou os estados do sul e alguns estados do sudoeste da América do Sul. Ao atacar suas vítimas em grandes enxames, essas abelhas dão lugar a uma reação muito mais grave do que as das demais espécies.

No sul dos Estados Unidos, especialmente na região do Golfo, as formigas-de-fogo picam até cerca de 40% dos habitantes de regiões infestadas todos os anos, causando pelo menos 30 mortes.

Sintomas

As picadas de abelha, vespa e vespão causam dor imediata e uma área vermelha, inchada e, por vezes, pruriginosa ao longo de cerca de 1 cm. Em algumas pessoas, a área inflamada atinge um diâmetro de até 5 cm ou mais nos próximos 2 ou 3 dias. Esse edema é confundido, algumas vezes, com uma infecção, situação que raramente ocorre após a picada de uma abelha. As reações alérgicas podem causar erupção cutânea, coceira generalizada, respiração sibilante, dificuldade em respirar e choque.

A picada da formiga-de-fogo costuma originar imediatamente dor e a área fica vermelha e inflamada, sintomas que desaparecem num período de 45 minutos. Nesse momento, forma-se uma bolha que rebenta em 2 a 3 dias e é habitual a área ficar infectada. Em alguns casos, em vez de uma bolha, forma-se uma área vermelha e inflamada que provoca prurido. Alguns nervos isolados podem ficar inflamados, e convulsões podem ocorrer em pessoas que tiveram um grande número de picadas.

Tratamento

  • Remoção do ferrão

  • Tratamentos da pele e medicamentos por via oral podem reduzir a dor e o inchaço

  • Injeção de epinefrina para reações alérgicas

  • Às vezes, dessensibilização para prevenir reações alérgicas

Uma abelha pode deixar o seu ferrão na pele. O ferrão deve ser removido o mais rápido possível por raspagem com uma extremidade fina (por exemplo, a extremidade de um cartão de crédito ou uma faca de mesa fina).

A aplicação de um cubo de gelo envolvido em plástico e em um pano fino sobre a picada reduz a dor, juntamente com anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) e anti-histamínicos tomados por via oral. A utilização de um creme ou pomada que contenha um anti-histamínico, um anestésico, um corticosteroide ou uma combinação deles é geralmente útil.

As reações alérgicas graves são tratadas no hospital com epinefrina, líquidos intravenosos e outros medicamentos.

Pessoas alérgicas a picadas devem carregar consigo uma seringa previamente munida com epinefrina (disponível com receita médica), que bloqueia as reações anafiláticas ou reações alérgicas. As restantes picadas são tratadas de forma semelhante às picadas de abelhas. Uma pessoa que tenha um histórico de reações anafiláticas ou uma alergia conhecida às picadas de inseto deve usar identificação, tal como uma pulseira de alerta médico.

Pessoas que já manifestaram uma reação alérgica grave a picada de abelha são, às vezes, submetidas a uma dessensibilização (imunoterapia alergênica) durante alguns anos, que pode ajudar a prevenir futuras reações alérgicas.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Lesão de menisco medial
Vídeo
Lesão de menisco medial
A articulação do joelho é composta por três ossos principais: o fêmur, ou osso da coxa; a...
Modelos 3D
Visualizar tudo
Abrasão corneana
Modelo 3D
Abrasão corneana

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS