Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Insolação

Por

David Tanen

, MD, David Geffen School of Medicine at UCLA

Última revisão/alteração completa jul 2019| Última modificação do conteúdo jul 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Fatos rápidos
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

A insolação é uma situação com risco de morte que tem como consequência uma temperatura corporal muito elevada e a disfunção de muitos sistemas orgânicos.

  • A insolação pode surgir após horas de esforço em jovens atletas ou após dias de exposição a um clima quente em divisões sem ar condicionado em pessoas muito idosas.

  • A temperatura corporal ultrapassa os 40 °C e o cérebro sofre de disfunção.

  • A pessoa deve ser imediatamente resfriada.

A insolação é a forma mais grave de doença causada pelo calor. As pessoas que sofrem de insolação ficam muito mais doentes do que as pessoas com outros distúrbios causados pelo calor. As seguintes características específicas distinguem a insolação de outros distúrbios causados pelo calor:

  • A temperatura corporal ultrapassa geralmente os 40 °C (104 °F)

  • Surgem sintomas de disfunção cerebral

A insolação pode ocorrer bastante rápido quando uma pessoa faz exercícios físicos sob calor extremo ou quando está em um ambiente quente e fechado. Por exemplo, a insolação pode ocorrer em atletas e soldados jovens e saudáveis, particularmente os que não estão aclimatados, após apenas algumas horas de esforço intenso em clima quente e úmido. Trabalhadores em ambientes quentes, principalmente bombeiros e operários de fundições, que precisam usar vestuário de proteção pesado, correm risco parecido. A insolação é uma causa comum de morte em atletas.

A insolação pode também ocorrer durante dias de clima quente quando a pessoa, particularmente pessoas idosas sedentárias, fica em divisões pouco ventiladas e sem ar condicionado. Pessoas idosas, pessoas com determinados problemas de saúde (tal como problemas que envolvem disfunção do coração, dos pulmões, dos rins ou do fígado) e crianças pequenas são mais vulneráveis a sofrer insolação. Pode ocorrer rapidamente em crianças deixadas em um carro quente.

A insolação ocorre quando o corpo não consegue perder calor com rapidez suficiente em condições de calor extremo. Como o organismo não consegue resfriar, a temperatura corporal continua a aumentar rapidamente até níveis perigosamente elevados. Condições que interferem na perda de calor, incluindo determinados distúrbios da pele e medicamentos que diminuem a sudorese, aumentam o risco.

A insolação pode danificar, de forma temporária ou permanente, órgãos vitais, como o coração, os pulmões, os rins, o fígado e o cérebro. Quanto mais elevada estiver a temperatura, especialmente quando for superior a 41 °C, mais rapidamente surgem os problemas. Pode ocorrer até mesmo a morte.

Sintomas

Os sintomas de advertência comuns são tonturas, sensação de desmaio iminente, fraqueza, má coordenação motora, fadiga, dor de cabeça, visão embaçada, dores musculares, náusea e vômitos (que também são sintomas de desidratação por calor). A pessoa afetada não sente que a temperatura corporal está extremamente elevada.

Durante uma insolação a pele se aquece, tornando-se vermelha e às vezes seca. Pode ou não ocorrer sudorese, apesar do calor.

Devido a uma disfunção cerebral, a pessoa pode ficar confusa e desorientada e pode sofrer convulsões ou entrar em coma. A frequência cardíaca e a frequência respiratória aumentam. A pulsação é geralmente rápida. A pressão arterial pode estar elevada ou baixa.

A temperatura corporal costuma ultrapassar os 40 °C (104 °F) e pode estar tão elevada que excede as marcas de um termômetro normal.

Diagnóstico

  • Sintomas e histórico de exposição ao calor e à umidade

O diagnóstico é geralmente evidente. A pessoa sofre de febre alta, sintomas de disfunção cerebral e um histórico de exposição a calor extremo e umidade.

Se o diagnóstico não for evidente, são realizados testes para verificar a existência de outros distúrbios que podem causar sintomas semelhantes, tais como infecções, acidente vascular cerebral, uso de drogas e hiperatividade da glândula tireoide (hipertireoidismo).

Prognóstico

O risco de morte por insolação depende dos seguintes fatores:

  • A idade dos adultos

  • A idade das crianças

  • A gravidade de determinados problemas (tais como doenças do coração, pulmões, rins ou fígado)

  • Qual é a temperatura corporal mais elevada

  • O período de tempo em que a temperatura corporal permanece extremamente elevada

Sem tratamento imediato, cerca de 80% das pessoas morrerão. Em cerca de 20% das pessoas que sobrevivem, o cérebro pode não se recuperar completamente e causar, na pessoa afetada, alterações de personalidade, letargia ou falta de coordenação. Em algumas pessoas, os rins não recuperam totalmente.

Após a recuperação, a temperatura corporal pode oscilar de forma anômala durante semanas.

Tratamento

  • Imersão em água fria

  • Medidas de resfriamento evaporativo

  • Às vezes, líquidos resfriados aplicados por via intravenosa

O corpo deve ser imediatamente resfriado e deve ser chamada uma ambulância. Enquanto se aguarda o transporte para o hospital, deve-se imergir a pessoa em água fria, como um lago, corrente ou banheira. Se a imersão não for possível, as pessoas devem ser resfriadas vaporizando o corpo com água e depois soprando ar pelo corpo com um ventilador (resfriamento evaporativo). Água levemente aquecida ou morna é melhor que fria para vaporizar, pois as pessoas ficam menos sujeitas a calafrios que geram ainda mais calor.

Administrar medicamentos (aspirina ou paracetamol) destinados a tratar febre devido a uma infecção é inútil e deve ser evitado.

Você sabia que...

  • Se uma pessoa exposta a calor e umidade elevados desenvolver confusão ou sintomas de mau funcionamento cerebral, chame imediatamente uma ambulância e inicie medidas de resfriamento.

No hospital, o resfriamento corporal costuma consistir em tirar as roupas e cobrir a pele exposta com água ou gelo. Para acelerar a evaporação e o resfriamento corporal, pode-se utilizar um ventilador para ventilar o corpo. A temperatura corporal é medida frequentemente, muitas vezes continuamente. Podem ser administrados líquidos refrigerados por via intravenosa. Para se evitar um resfriamento excessivo, este deve ser suspenso quando a temperatura corporal tiver diminuído até cerca de 39 °C.

Convulsões, coma e disfunção de outros órgãos também podem necessitar de tratamento. O melhor local para tratar uma insolação é na unidade de cuidados intensivos de um hospital.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Lesão de menisco medial
Vídeo
Lesão de menisco medial
A articulação do joelho é composta por três ossos principais: o fêmur, ou osso da coxa; a...
Modelos 3D
Visualizar tudo
Abrasão corneana
Modelo 3D
Abrasão corneana

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS