Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Varíola símia

Por

Brenda L. Tesini

, MD, University of Rochester School of Medicine and Dentistry

Última revisão/alteração completa dez 2020| Última modificação do conteúdo dez 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

A varíola símia é causada pelo vírus da varíola símia, que está relacionado ao vírus da varíola e causa doença semelhante, mas geralmente mais leve.

A origem da varíola símia é desconhecida, mas acredita-se que seja disseminada por pequenos roedores e esquilos nas florestas tropicais da África, principalmente na África ocidental e central. A maioria dos casos ocorreu na República Democrática do Congo. Apesar de seu nome, o vírus da varíola símia não vive em macacos.

A varíola símia é rara. Mas, recentemente, o número de casos vem crescendo na África. Os motivos podem incluir:

  • As pessoas não estão mais recebendo a vacina contra varíola que ajudava a protegê-las contra a varíola símia.

  • As pessoas estão se mudando para regiões onde vivem os animais portadores do vírus.

Nos Estados Unidos, houve um surto de varíola símia em 2003, quando roedores infectados foram importados da África como animais de estimação. Os roedores disseminaram os vírus para cães-da-pradaria domésticos que, por sua vez, infectaram pessoas na região centro-oeste.

A varíola símia dissemina-se provavelmente quando as pessoas entram em contato com líquidos corporais de animais infectados, por exemplo, se um animal infectado morder uma pessoa ou se ela inalar gotículas contendo o vírus disseminadas pelo ar. A transmissão de pessoa a pessoa é menos comum.

Geralmente, a varíola símia ocorre em crianças.

A varíola símia causa sintomas assemelhados aos da varíola. A doença começa com febre, calafrios, cefaleias, dores musculares, dores nas costas, fadiga extrema e, ao contrário da varíola, inchaço proeminente dos linfonodos. Cerca de um a três dias após a manifestação da febre, surge uma erupção cutânea. Ela começa na face, depois se espalha para outras partes do corpo, incluindo as palmas das mãos e as plantas dos pés.

Assim como na varíola, a erupção cutânea da varíola símia começa como manchas vermelhas e planas. As manchas convertem-se então em bolhas que se enchem de pus (formando pústulas). Depois de vários dias, as pústulas formam crostas.

A varíola símia pode tornar as pessoas mais propensas a desenvolver outras infecções. Algumas pessoas com varíola símia desenvolvem infecções bacterianas na pele e nos pulmões.

A doença é geralmente mais leve do que a varíola, mas pode levar à morte. Não houve mortes durante o surto de 2003 nos Estados Unidos.

A varíola símia normalmente perdura por duas a quatro semanas.

O diagnóstico de varíola símia pode envolver

  • Envio de amostras de tecido infectado para um laboratório para cultura e análise do vírus.

  • Exames de sangue para detectar anticorpos contra o vírus da varíola símia

  • Detecção de material genético (DNA) do vírus no tecido infectado

  • Exame de uma amostra de tecido infectado ao microscópio

A vacina JYNNEOS é usada para a prevenção da varíola e da varíola símia. Além disso, dados anteriores provenientes da África sugerem que a eficácia da vacina contra a varíola é de pelo menos 85% na prevenção da varíola símia, pois o vírus da varíola símia está estreitamente relacionado ao vírus que causa a varíola. 

O tratamento de varíola símia está voltado principalmente ao alívio dos sintomas. Não há tratamento seguro e comprovado para a infecção pelo vírus da varíola símia. Os medicamentos antivirais tecovirimat, cidofovir ou brincidofovir podem ajudar, mas eles ainda não foram estudados como tratamento da varíola símia.

Mais informações

Os seguintes recursos em inglês podem ser úteis. Vale ressaltar que O MANUAL não é responsável pelo conteúdo desses recursos.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS