Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Considerações gerais sobre infecções com vermes filárias

(Filariasis)

Por

Richard D. Pearson

, MD, University of Virginia School of Medicine

Última revisão/alteração completa set 2020| Última modificação do conteúdo set 2020
Clique aqui para a versão para profissionais

As infecções por filárias são causadas por certos vermes nematódeos e afetam diferentes partes do corpo, dependendo da espécie de verme.

Há muitas espécies de filárias, mas apenas algumas infectam as pessoas. As espécies que infectam as pessoas podem residir em

  • Tecidos sob a pele (tecidos subcutâneos) ou no olho: Verme ocular africano (Loa loa), que causa loíase, ou Onchocerca volvulus, que causa cegueira do rio (oncocercose)

  • Tecidos linfáticos: Wuchereria bancrofti, Brugia malayi, ou Brugia timori que causam filaríase linfática

A maioria das infecções por filárias ocorre em áreas tropicais e subtropicais.

A infecção pelo verme do coração dos cães (Dirofilaria immitis) ocorre no mundo todo, inclusive na América do Norte. Essa infecção raramente causa sintomas, porque o verme do coração dos cães não se desenvolve até a maturidade nas pessoas. Mas, ocasionalmente, um verme do coração imaturo atinge os pulmões e pode causar dor no peito e tosse. Muito raramente, as larvas formam nódulos nos olhos, no cérebro e/ou nos testículos

Transmissão

As infecções por filárias são transmitidas da seguinte forma:

  • Uma mosca (como mutuca ou moscardo) ou mosquito infectado pica uma pessoa e deposita larvas do verme na pele.

  • As larvas amadurecem em vermes adultos sob a pele ou em tecidos linfáticos.

  • Os vermes adultos produzem uma prole chamada microfilárias que circulam na corrente sanguínea ou residem na pele.

  • A infecção se dissemina quando a pessoa infectada é picada por uma mosca ou mosquito, o qual ingere as microfilárias.

  • Dentro do inseto, as microfilárias se desenvolvem em larvas que podem causar infecção.

  • O inseto passa a transmitir essas larvas ao picar outra pessoa.

Essas infecções não se disseminam diretamente de pessoa a pessoa.

Sintomas

Dentro do corpo, as filárias adultas podem migrar e formar caroços nos vasos linfáticos ou sob a pele, dependendo do tipo de filária que estiver causando infecção. Os vermes fêmeas adultos produzem formas imaturas do verme chamadas microfilárias. Grande parte da lesão e muitos sintomas causados por infecções por filárias resultam da resposta inflamatória do corpo aos vermes adultos ou às microfilárias.

Quando os tecidos linfáticos (células e órgãos que formam o sistema linfático) estão envolvidos, os vermes Wuchereria ou Brugia adultos e a inflamação que provocam podem bloquear os vasos linfáticos, causando inflamação e inchaço nas áreas das pernas, dos braços ou dos genitais. Depois de muitos anos, as pernas, os braços e os genitais podem ficar enormemente aumentados e deformados.

As microfilárias circulantes de Wuchereria ou Brugia podem induzir reações alérgicas nos pulmões que resultam em tosse, falta de ar e sintomas semelhantes à asma. Os vermes Loa loa adultos migram sob a pele causando nódulos temporários e, ocasionalmente, atravessam o olho sob a membrana externa transparente (conjuntiva). Os vermes Onchocerca adultos vivem em nódulos sob a pele e produzem microfilárias que causam coceira e danos à pele. Eles também penetram no olho e causam inflamação e formação de tecido cicatricial que pode resultar em cegueira após muitos anos.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS