Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Shigelose

(Bacillary Dysentery; Shigella)

Por

Larry M. Bush

, MD, FACP, Charles E. Schmidt College of Medicine, Florida Atlantic University

Última revisão/alteração completa fev 2020| Última modificação do conteúdo fev 2020
Clique aqui para a versão para profissionais

Shigelose é a infecção pela bactéria Gram-negativaShigella. Ela causa uma diarreia aquosa ou disenteria (passagem frequente e muitas vezes dolorosa de pequenas quantidades de fezes que contêm sangue, pus e muco).

  • As bactérias Shigella são excretadas nas fezes e podem ser facilmente transmitidas quando a higiene e as condições sanitárias são inadequadas.

  • As pessoas podem ter diarreia aquosa, às vezes levando à desidratação grave.

  • Identificar a bactéria em uma amostra de fezes pode confirmar o diagnóstico.

  • Para pessoas com shigelose e pessoas que cuidam delas, é necessária uma higiene meticulosa para evitar a disseminação da infecção.

  • São administrados líquidos por via oral ou, se a infecção for grave, por via intravenosa.

  • Antibióticos são usados para as pessoas com infecção grave ou naquelas com um sistema imunológico enfraquecido.

As bactérias Shigella são uma causa comum de disenteria nos Estados Unidos e em todo o mundo.

Como o ácido gástrico não destrói facilmente essas bactérias, a ingestão de até mesmo um pequeno número delas causa infecção. No intestino grosso, as bactérias causam inflamação e, por serem excretadas nas fezes,

  • a infecção se transmite facilmente de pessoa a pessoa quando as mãos estão sujas.

A infecção também é transmitida por meio de:

  • Sexo oral-anal

  • Alimentos contaminados por pessoas que lidam com alimentos contaminados e que não lavam as mãos com sabão após o uso do vaso sanitário

  • Água contaminada com excrementos humanos

  • Nadar em piscina e caminhar em água inadequadamente tratada com cloro

A infecção se espalha facilmente entre as pessoas que vivem juntas. Também ocorrem surtos em lugares superlotados com condições sanitárias inadequadas, tais como:

  • Creches para crianças

  • Estabelecimentos de cuidados de longo prazo

  • Campos de refugiados

  • Instituições para pessoas intelectualmente deficientes

  • Cruzeiros marítimos

  • Campos militares

  • Países em desenvolvimento

Crianças são especialmente propensas a ser infectadas e apresentar os sintomas mais graves, como convulsões.

Há quatro espécies de Shigella. Todas causam diarreia. Porém uma, Shigella dysenteriae, tem mais probabilidade de causar diarreia grave, disenteria e complicações.

Sintomas

Infecções leves causam febre baixa (aproximadamente 38 a 38,9 °C) e diarreia aquosa um a quatro dias depois das pessoas ingerirem a bactéria. Alguns adultos não têm febre. As infecções leves em adultos geralmente se resolvem em quatro a oito dias.

Nos adultos, os primeiros sintomas podem ser cólicas abdominais dolorosas e urgência frequente de defecar. A evacuação pode aliviar temporariamente a dor. Esses sintomas podem ficar mais graves e ocorrer mais frequentemente à medida que a infecção avança.

As infecções graves podem causar febre baixa ou moderada, além de diarreia aquosa que progride para disenteria. Na disenteria, as evacuações são frequentes e contêm sangue, pus e muco. As infecções graves geralmente se resolvem em três a seis semanas.

Em crianças pequenas, os sintomas começam de repente. Eles incluem febre, irritabilidade ou sonolência, perda de apetite, náusea ou vômitos, diarreia e dor abdominal. As crianças podem sentir frequentemente urgência em defecar. No intervalo de três dias, surgem sangue, pus e muco nas fezes. A menos que haja complicações, os sintomas tendem a desaparecer na segunda semana.

Complicações da shigelose

Crianças, principalmente as mais novas, são mais propensas a ter complicações graves:

  • Febre alta (até 41 °C), por vezes com delírio, convulsões ou coma

  • Desidratação grave com perda de peso

  • Vinte ou mais evacuações por dia

  • Com a diarreia grave, protuberância de parte do reto para fora do corpo (prolapso retal)

  • Raramente, inchaço acentuado do intestino e ruptura (perfuração) do intestino grosso

  • Síndrome hemolítico-urêmica se a infecção for devido a Shigella dysenteriae tipo 1 (que é rara nos Estados Unidos)

A desidratação grave pode levar a choque e morte, principalmente em crianças com menos de 2 anos, em adultos com doenças crônicas, desnutridos ou debilitados e em pessoas idosas.

Na síndrome hemolítico-urêmica, os glóbulos vermelhos do sangue são destruídos, causando anemia com cansaço, fraqueza e desorientação. O sangue coagula de modo anormal, fazendo com que os rins parem de funcionar. Podem ocorrer convulsões ou acidentes vasculares cerebrais.

Alguns adultos desenvolvem artrite reativa (inflamação das articulações). Pode ocorrer inflamação dos olhos (uveíte) e da uretra (causando dor durante a micção) semanas a meses após a diarreia.

Diagnóstico

  • Cultura de uma amostra de fezes

O médico suspeita da presença de uma shigelose em função dos sintomas típicos de dor, febre e diarreia aquosa ou com sangue em pessoas que provavelmente foram expostas à bactéria.

Para confirmar o diagnóstico de shigelose, os médicos coletam uma amostra de fezes e a enviam a um laboratório para o cultivo e identificação da bactéria.

As bactérias também são testadas para verificar que antibióticos são eficazes (um processo chamado teste de suscetibilidade).

Prevenção

A prevenção inclui o seguinte:

  • Pessoas infectadas não devem preparar alimentos para outras pessoas.

  • Após o uso do vaso sanitário, as pessoas infectadas devem lavar as mãos, e alguém deve limpar e desinfetar o vaso sanitário antes de ser usado novamente.

  • Os cuidadores de pessoas com shigelose devem lavar as mãos com água e sabão, principalmente antes de tocarem outras pessoas ou manusear alimentos.

  • Crianças infectadas com sintomas não devem ter contato com crianças não infectadas.

  • Fraldas de crianças infectadas devem ser descartadas em lata de lixo vedada e a área usada para trocar fraldas deve ser limpa com desinfetante após cada uso.

  • As fezes que contaminam vestimentas e roupas de cama de pessoas infectadas devem ser lavadas com água corrente e aquelas sujas devem ser lavadas em máquina de lavar usando ciclo de água quente. Quando terminar, as superfícies da pia, do vaso sanitário e da máquina de lavar devem ser limpas com um desinfetante, como alvejante com cloro diluído.

Atualmente, não há nenhuma vacina disponível, mas uma está sendo estudada.

Tratamento

  • Líquidos contendo sal

  • Para infecções graves, antibióticos

Perda de água e sais por causa da diarreia é reposta com líquidos administrados pela boca ou, se a infecção for séria, pela veia.

As infecções leves normalmente se resolvem dentro de quatro a oito dias. Antibióticos não são rotineiramente necessários para adultos saudáveis com infecções leves.

No entanto, os médicos geralmente administram antibióticos a determinadas pessoas, incluindo aquelas que

  • São muito jovens ou muito idosas.

  • Estiverem com o sistema imunológico debilitado

  • Tiverem uma infecção moderada a grave.

As infecções graves podem requerer hospitalização para que líquidos contendo sais possam ser administrados por via intravenosa e para que complicações, como a síndrome hemolítico-urêmica, possam ser tratadas. Antibióticos, como azitromicina, ciprofloxacino (para adultos) ou ceftriaxona, são administrados.

Medicamentos antidiarreicos (como o difenoxilato ou a loperamida) podem prolongar a infecção e não devem ser utilizados.

Mais informações

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Teste os seus conhecimentos

Amebíase
Quando os sintomas da amebíase se apresentam, eles podem incluir cada um dos seguintes, EXCETO:
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS