Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Introdução à bacteremia, sepse e ao choque séptico

Por

Paul M. Maggio

, MD, MBA, Stanford University Medical Center

Última revisão/alteração completa mar 2018| Última modificação do conteúdo mar 2018
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

Bacteremia, sepse, sepse grave e choque séptico estão relacionados:

  • Bacteremia: Estão presentes bactérias no fluxo sanguíneo. A bacteremia pode resultar de uma infecção séria ou de algo tão inofensivo como uma escovação de dentes mais vigorosa. Muitas vezes, somente um pequeno número de bactérias está presente e elas são eliminadas do corpo por si mesmas. Em tais casos, a maioria das pessoas não apresenta sintomas. Porém, ocasionalmente, a bacteremia leva a infecções, sepse ou ambas.

  • Sepse: A bacteremia ou outra infecção desencadeia uma resposta séria em todo o corpo (sepse) que geralmente inclui febre, fraqueza, frequência cardíaca rápida, frequência respiratória rápida e um número maior de glóbulos brancos do sangue. A resposta afeta igualmente muitos órgãos internos, como os rins, o coração e os pulmões, que começam a falhar.

  • Choque séptico: A sepse que causa uma pressão arterial perigosamente baixa (choque) é o choque séptico. Como resultado, os órgãos internos geralmente recebem muito pouco sangue, causando seu mau funcionamento. O choque séptico representa uma ameaça à vida.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Antraz
Vídeo
Antraz
Em condições adversas, as bactérias grandes em forma de bastonetes que causam o antraz evoluem...
Modelos 3D
Visualizar tudo
Catapora
Modelo 3D
Catapora

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS