Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Febre amarela

Por

Thomas M. Yuill

, PhD, University of Wisconsin-Madison

Última revisão/alteração completa mai 2020| Última modificação do conteúdo mai 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
Fatos rápidos

A febre amarela é uma doença viral transmitida por mosquitos, que ocorre principalmente nos trópicos.

  • A febre amarela ocorre apenas nas áreas tropicais da África Central, sul do Panamá e América do Sul.

  • Algumas pessoas com febre amarela não apresentam sintomas ou apenas sintomas leves, mas outras têm sintomas mais graves, como pele amarela (icterícia), febre, dor de cabeça, dores musculares e sangramento.

  • Os médicos diagnosticam febre amarela cultivando o vírus, fazendo exames de sangue para detectar anticorpos ao vírus ou usando técnicas de reação em cadeia da polimerase (PCR) para ajudar a identificar o material genético do vírus.

  • Uma vacina está disponível para uso por pessoas que residem em países endêmicos e para viajantes indo para áreas em que a febre amarela é comum, mas evitar picadas de mosquitos também é importante.

  • O tratamento é principalmente de apoio e inclui fármacos para tratar ou prevenir o sangramento.

A febre amarela é uma das infecções virais mais facilmente reconhecidas e historicamente importantes. No passado, ocorreram grandes epidemias de febre amarela que provocaram dezenas de milhares de mortes. Antes frequente nas zonas temperadas e tropicais em todo o mundo, atualmente a doença só ocorre nas áreas tropicais da África Central, sul do Panamá e América do Sul. A infecção é mais comum durante os meses quentes, chuvosos e úmidos na América do Sul e durante o fim das estações chuvosas e início das estações secas na África.

Sintomas de febre amarela

Algumas pessoas infectadas não apresentam sintomas. Outras manifestam sintomas leves e outras têm uma doença grave, com risco à vida.

Os sintomas de febre amarela normalmente surgem cerca de três a seis dias depois que a pessoa for picada por um mosquito infectado. Os primeiros sintomas são dor de cabeça, tontura, dores musculares, calafrios e febre leve, que começam de repente. Enjoos, vômitos, constipação, cansaço extremo, irritabilidade e inquietação são comuns. A face fica ruborizada.

Todos esses sintomas desaparecem após alguns dias. Algumas pessoas se recuperam, mas outras apresentam febre elevada, enjoos, vômitos e fortes dores generalizadas algumas horas ou dias após os sintomas iniciais diminuírem. A pele torna-se amarela (icterícia Icterícia em adultos Na icterícia, a pele e a parte branca dos olhos ficam amareladas. Ela ocorre quando há excesso de bilirrubina (um pigmento amarelo) no sangue - uma condição denominada hiperbilirrubinemia. ... leia mais Icterícia em adultos ) devido à infecção do fígado. Verifica-se frequentemente um sangramento nasal, na boca e no trato gastrointestinal. As pessoas podem vomitar sangue. Elas podem ficar confusas e apáticas.

Algumas pessoas passam a ter alucinações. Elas apresentam pressão arterial muito baixa (choque Choque O choque é um quadro clínico com risco à vida, em que o fluxo sanguíneo é baixo, diminuindo o fornecimento de oxigênio e causando danos a esses órgãos e, às vezes, morte. A pressão arterial... leia mais ). A infecção grave pode causar convulsões, mau funcionamento de vários órgãos e pode ocorrer coma. Até 50% das pessoas com sangramento grave e febre morrem.

Diagnóstico de febre amarela

  • Cultura ou exames de sangue

Os médicos suspeitam de febre amarela quando as pessoas que vivem em uma área em que a infecção é comum possuem os sintomas típicos.

A febre amarela é diagnosticada através da cultura Cultura de micro-organismos As doenças infecciosas são causadas por micro-organismos, tais como bactérias, vírus, fungos e parasitas. Os médicos suspeitam de uma infecção com base nos sintomas, nos resultados de exames... leia mais do vírus ou pela detecção dos anticorpos contra o vírus no sangue. Ou podem ser usadas técnicas de reação em cadeia da polimerase (PCR) para fazer muitas cópias do material genético do vírus. Essa técnica permite que os médicos identifiquem o vírus rapidamente e com precisão.

Prevenção da febre amarela

A prevenção da febre amarela envolve

  • Evitar picadas de mosquitos

  • Vacinação

  • Isolamento

Evitar picadas de mosquito é crucial para a prevenção. Pessoas que residem ou visitam áreas em que a febre amarela é comum podem

  • Aplicar o repelente contra insetos DEET (dietiltoluamida) diretamente na pele

  • Usar mosquiteiro

  • Use camisas de mangas compridas e calças compridas

Está disponível uma vacina que é 95% eficaz na prevenção da febre amarela. As pessoas devem receber a vacina pelo menos dez dias antes de viajarem para um país em que a febre amarela seja endêmica. Nos Estados Unidos, a vacina é administrada somente em clínicas de vacinação contra febre amarela autorizadas pelo Serviço de Saúde Pública dos EUA. Entretanto, há muitos desses centros (consulte CDC: Yellow Fever Vaccination Clinics [Clínicas de vacinação contra febre amarela]). A vacinação proporciona imunidade por toda a vida.

Muitos países exigem vacinação apenas para viajantes que vêm para seus países de áreas onde ocorre a febre amarela. Se as pessoas estiverem viajando para áreas em que a febre amarela é comum, elas devem ser vacinadas.

A vacina não é aplicada a

Se houver suspeita ou diagnóstico da infecção, as pessoas são isoladas em quartos providos de telas e pulverizados com inseticidas para prevenir a disseminação posterior do vírus por mosquitos.

Tratamento da febre amarela

  • Cuidados de apoio

O tratamento da febre amarela envolve cuidados de apoio, incluindo medicamentos para tratar ou prevenir o sangramento, como injeções de vitamina K (que podem ajudar na coagulação do sangue).

Não existe tratamento específico para a febre amarela.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Teste os seus conhecimentos
Infecção pelo vírus sincicial respiratório (VSR) e infecção pelo metapneumovírus humano
A infecção por vírus sincicial respiratório (VSR) e por metapneumovírus humano (MPVh) causa infecções das vias aéreas superiores e, às vezes, das vias aéreas inferiores. Os sintomas de ambos os vírus são semelhantes, embora os vírus sejam diferentes. Em qual das seguintes faixas etárias o VSR é uma causa muito comum de infecções do trato respiratório?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS