Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Fatos rápidos

Transtorno do déficit de atenção com hiperatividade

Por

The Manual's Editorial Staff

Última revisão/alteração completa out 2019| Última modificação do conteúdo out 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos

O que é o transtorno do déficit de atenção com hiperatividade?

O transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH) é um distúrbio cerebral que faz com que a pessoa tenha dificuldade em se concentrar, prestar atenção e ficar parada. Ele costuma causar problemas na escola e em casa.

Os sintomas do TDAH podem ser leves ou graves. Alguns locais (por exemplo, a escola) podem piorar os sintomas, mas eles ocorrem em, pelo menos, dois lugares.

  • TDAH começa na infância, geralmente por volta dos 4 anos de idade

  • Às vezes, o TDAH desaparece conforme a criança cresce, mas muitas pessoas continuam a ter problemas como adultos

  • Crianças com TDAH têm dificuldade em prestar atenção e são extremamente ativas (hiperativas)

  • Muitas crianças com TDAH também apresentam distúrbios de aprendizagem

  • Muitas vezes, medicamentos ajudam crianças com TDAH

O que causa o TDAH?

Os médicos não sabem ao certo porque uma criança desenvolve TDAH. É provavelmente causado por problemas no desenvolvimento do cérebro da criança antes do nascimento. Menos frequentemente, problemas após o nascimento causam TDAH.

É importante saber que o TDAH é um problema no cérebro e não apenas um problema de comportamento.

A criança tem uma probabilidade maior de ter TDAH se ela:

  • Tiver parentes com TDAH (é um mal de família)

  • Pesava menos de 1.300 gramas no nascimento

  • Tiver sofrido um traumatismo craniano ou infecção cerebral

  • Foi exposta a chumbo, álcool, tabaco ou cocaína antes do nascimento

Quais são os sintomas do TDAH?

TDAH em crianças

Sinais de TDAH em crianças:

  • Dificuldade em prestar atenção

  • Atividade física extrema

  • Muito impulsivas (fazem coisas sem pensar)

Em comparação aos adultos, todas as crianças têm um pouco de dificuldade em prestar atenção e ficar sentadas quietinhas. No entanto, a dificuldade de crianças com TDAH é muito maior do que a de outras crianças. Elas têm tanta dificuldade que é difícil terem um bom rendimento na escola.

Sinais de que a criança está tendo dificuldade em prestar atenção:

  • Não escutar quando alguém fala com ela

  • Não seguir instruções nem concluir tarefas

  • Evitar tarefas que exigem muita concentração

  • Ter dificuldade em organizar as tarefas

  • Distrair-se facilmente

  • Perder ou esquecer coisas

Sinais de hiperatividade:

  • Mover de maneira irrequieta as mãos, os pés ou as pernas

  • Levantar-se da cadeira na escola ou em casa

  • Correr ou subir em coisas mais do que o normal

  • Dificuldade em brincar de maneira calma

  • Falar mais que o normal

Sinais de que a criança está sendo impulsiva:

  • Gritar a resposta antes de a pergunta terminar de ser feita

  • Ter dificuldade em esperar por sua vez

  • Falar quando não é a vez dela ou interromper os outros

A maioria das crianças com TDAH se torna menos hiperativa conforme elas crescem e conseguem lidar melhor com os sintomas. A maioria delas se tornam adultos criativos e produtivos. Contudo, deixar o TDAH sem tratamento pode aumentar o risco de abuso de álcool, abuso de substâncias ou suicídio.

TDAH em adultos

Sinais de TDAH em adultos:

  • Dificuldade de concentração

  • Dificuldade em completar tarefas

  • Inquietação

  • Oscilações do humor

  • Impaciência

  • Dificuldade em se relacionar

De que maneira o médico sabe que a criança tem TDAH?

Os médicos suspeitam de TDAH com base nos sintomas da criança. Não existem exames capazes de afirmar com certeza se a criança tem ou não tem TDAH. No entanto, os médicos podem verificar se os sintomas da criança são, na realidade, causados por outro problema, como:

De que maneira os médicos tratam o TDAH?

Gritar com a criança ou puni-la não ajuda. Os médicos tratam a criança com:

  • Aconselhamento sobre as maneiras de melhorar o comportamento (terapia comportamental)

  • Medicamento

Os médicos e psicólogos podem sugerir coisas para lhe ajudar e à criança a lidar com o TDAH. Coisas que costumam ajudar incluem:

  • Ter uma rotina estabelecida em casa e na escola

  • Oferecer pequenas recompensas pelo bom comportamento

  • Ser muito consistente em relação ao comportamento esperado

  • Trabalhar com professores para ter tarefas e lições mais curtas na escola

Uma criança com TDAH pode precisar de ajuda especial na escola. A lei federal sobre educação para indivíduos com deficiências (Individuals with Disabilities Education Act, IDEA) nos Estados Unidos exige que as escolas públicas ofereçam educação gratuita e adequada a crianças com TDAH.

Medicamentos para TDAH são medicamentos como Ritalin®. Ritalin® e medicamentos semelhantes, na verdade, estimulam o cérebro. Você pode achar que a criança já está estimulada demais. No entanto, esses medicamentos estimulam as partes do cérebro que ajudam a criança a prestar atenção.

Medicamentos estimulantes podem ter efeitos colaterais como:

  • Não conseguir dormir

  • Perda de apetite (crianças podem comer tão pouco que param de crescer adequadamente)

  • Frequência cardíaca elevada e hipertensão arterial

Para diminuir os efeitos colaterais, o médico pode sugerir que o medicamento não seja tomado nos fins de semana e férias.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS