Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando
Fatos rápidos

Trabalho de parto

Por

The Manual's Editorial Staff

Última revisão/alteração completa out 2018| Última modificação do conteúdo out 2018
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

O que é o trabalho de parto?

O trabalho de parto é a primeira fase do nascimento. Durante o trabalho de parto, os músculos do útero se contraem repetidamente para empurrar o bebê para fora. Esses movimentos são denominados contrações. As contrações param e reiniciam por conta própria. A mulher não tem nenhum controle sobre elas. Elas ficam mais fortes conforme o trabalho de parto avança.

O parto é a segunda fase do nascimento, quando o bebê passa através do canal vaginal e sai.

  • Em geral, a mulher entra em trabalho de parto entre duas semanas antes e duas semanas depois da data prevista do parto.

  • A sensação no início do trabalho de parto em geral se parece com uma dor nas costas ou como cólicas menstruais que ficam mais dolorosas e ocorrem com mais frequência com o passar do tempo

  • O trabalho de parto costuma durar entre 12 e 18 horas na primeira gravidez e aproximadamente metade desse tempo em gestações posteriores

  • Durante o trabalho de parto, os médicos e enfermeiros examinam a mulher com frequência para tentar detectar complicações

  • Medicamentos ou exercícios especiais de relaxamento podem ajudar a mulher a lidar com a dor de parto

Está na hora de ir para o hospital (ou para a maternidade) quando um dos itens a seguir ocorrer:

  • A bolsa d’água se rompe

  • As contrações duram 30 segundos ou mais e ocorrem com menos de seis minutos de intervalo entre elas

O que acontece durante o trabalho de parto?

O colo do útero é a parte inferior do útero e se conecta com a vagina. O colo do útero tem uma pequena abertura que permanece firmemente fechada durante a gestação. Durante o trabalho de parto, as contrações gradativamente dilatam o colo do útero até haver espaço suficiente para deixar o bebê sair.

O trabalho de parto tem duas fases:

  • Fase inicial do trabalho de parto

  • Fase ativa do trabalho de parto

Durante a fase inicial do trabalho de parto:

  • O colo do útero começa a afinar e se dilata até aproximadamente dois a cinco centímetros de diâmetro

  • As contrações vão e voltam, ficando cada vez mais fortes e com intervalos mais regulares entre elas

  • A dor não é tão forte assim

Durante a fase ativa do trabalho de parto:

  • O colo do útero fica completamente dilatado, medindo 10 centímetros de diâmetro, e afina por completo

  • Ocorre o encaixe do bebê (ele desce pela pelve e se prepara para entrar no canal vaginal)

  • A mulher tem a sensação de que precisa começar a empurrar o bebê para fora

  • A dor é mais intensa

O rompimento da bolsa ocorre quando o saco amniótico se rompe e o líquido amniótico sai da vagina. Isso pode acontecer antes do início ou durante o trabalho de parto.

O nascimento do bebê não será possível até que o colo do útero esteja completamente dilatado e a bolsa d’água tenha se rompido.

Como a mulher sabe que o trabalho de parto começou?

Os principais sinais do trabalho de parto são:

  • A presença de contrações, que podem ser parecidas com a sensação de ter cólicas menstruais e que vão e voltam em intervalos regulares

  • Dor nas costas

Antes de ter contrações ou dor nas costas, os sinais iniciais que indicam que o trabalho de parto está prestes a começar incluem:

  • Perda do tampão (uma pequena quantidade de sangue e muco que sai da vagina no início do trabalho de parto)

  • A bolsa d’água se rompe

A mulher deve ligar imediatamente para o médico ou para a parteira se a bolsa d’água tiver se rompido. Geralmente, o trabalho de parto terá início no prazo de 24 horas. No entanto, se ele não começar dentro de várias horas, é possível que o médico ou parteira administrem medicamentos para iniciar o trabalho de parto.

Se a ruptura da bolsa d’água ocorrer mais de seis semanas antes da data prevista do parto, é possível que o médico administre medicamentos para interromper o trabalho de parto. Isso permite que o bebê cresça um pouco mais antes de nascer.

Em que momento a mulher deve ir para o hospital ou maternidade?

A mulher deve ir para o hospital ou maternidade quando um dos eventos a seguir ocorrer:

  • A bolsa d’água se rompe

  • As contrações duram 30 segundos ou mais e ocorrem com menos de seis minutos de intervalo entre elas

O médico ou parteira verifica que a mulher está de fato em trabalho de parto. Quando estão próximas à data prevista do parto, algumas mulheres têm cólicas que dão a impressão de que ela está em trabalho de parto, quando de fato não está. Se a mulher ainda não estiver em trabalho de parto, ela será mandada de volta para casa.

Se ela estiver em trabalho de parto, o médico:

  • Examina a vagina para ver se houve o rompimento da bolsa d’água e, caso afirmativo, examina a cor do líquido

  • Toca o colo do útero para medir o diâmetro

  • Apalpa a barriga para ver em que posição o bebê está

  • Insere um acesso na veia do braço para administrar medicamentos e hidratação durante o trabalho de parto

Se a mulher já tiver tido outros filhos e o parto foi rápido (demorou menos de seis horas), ela deve avisar o médico assim que tiver a impressão de que o trabalho de parto começou. É provável que o parto ocorra rapidamente, porque geralmente o trabalho de parto seguinte demora menos que o anterior.

De que maneira o médico examina o bebê durante o trabalho de parto?

Durante o trabalho de parto, a principal coisa que informa ao médico o estado de saúde do bebê é:

  • A frequência cardíaca do bebê

É possível que o médico avalie os batimentos cardíacos do bebê com:

  • Um estetoscópio

  • Um aparelho de ultrassom colocado na barriga da mulher

  • Um monitor cardíaco fetal eletrônico colocado dentro da vagina para fazer um registro contínuo dos batimentos cardíacos do bebê

Se os batimentos cardíacos do bebê estiverem muito rápidos ou muito lentos, é possível que o bebê esteja tendo complicações. É possível que o médico faça uma ultrassonografia do bebê.

De que maneira o médico trata a dor do parto?

A intensidade da dor durante o trabalho de parto varia. Algumas mulheres precisam de mais medicação para dor que outras durante o trabalho de parto. Frequentar aulas de preparo para o parto durante a gestação e ter uma pessoa para dar apoio à mulher pode ajudá-la a se sentir mais confortável durante o trabalho de parto e pode diminuir a necessidade de receber medicação para dor.

Durante a gestação, a mulher deve conversar com o médico ou a parteira sobre qual tipo de medicação para dor ela quer. Os tipos de medicação para dor administrada durante o trabalho de parto incluem:

  • Analgésicos opioides administrados por via intravenosa, como morfina ou fentanil, que fazem com que a mulher se sinta mais confortável, mas podem fazer com que o bebê respire muito lentamente se a medicação for administrada muito próxima ao momento de nascimento do bebê

  • Peridural, em que um anestésico (anestesia local) ou analgésico que é injetado na parte inferior das costas para amortecer os nervos ao redor da medula espinhal

  • Bloqueio de nervo periférico, em que o médico injeta um anestésico na vagina para bloquear os sinais de dor enviados pelos nervos principais

  • Anestesia local, onde são injetados anestésicos ao redor da parte externa da vagina um pouco antes de o bebê sair

O parto natural usa técnicas de relaxamento e de respiração em vez de medicação para controlar as dores do trabalho de parto e diminuir a necessidade de receber medicação para dor. Algumas mulheres que optam pelo parto natural não usam nenhum tipo de medicação para dor. Para poder preparar-se, geralmente a mulher e a pessoa de apoio frequentam aulas de preparo para o parto por várias semanas para aprender sobre o trabalho de parto e como respirar e a relaxar enquanto ele está ocorrendo.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Parto
Vídeo
Parto
Durante a gravidez, o útero da mulher nutre e protege o feto em desenvolvimento. Uma gravidez...
Gravidez ectópica
Vídeo
Gravidez ectópica
Durante a ovulação, um óvulo é lançado de um ovário da mulher a cada mês. Fímbrias, pequenas...

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS