Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Fatos rápidos

Alterações fibrocísticas na mama

Por

The Manual's Editorial Staff

Última revisão/alteração completa out 2019| Última modificação do conteúdo out 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos
Recursos do assunto

O que são alterações fibrocísticas?

As alterações fibrocísticas são um conjunto de sintomas da mama que incluem dor, cistos e irregularidade geral nas mamas. A palavra “fibrocística” vem dos termos tecido fibroso e cisto. Tecido fibroso é um tipo de tecido rígido e resistente que dá a sensação de ser feito de muitas fibras. Um cisto é um saco pequeno e cheio de líquido que cresce dentro do corpo. Alterações fibrocísticas na mama não são uma doença única.

  • Alterações fibrocísticas não causam câncer de mama

  • Os sintomas podem piorar nos dias anteriores à menstruação

  • As alterações fibrocísticas geralmente desaparecem depois da menopausa (quando a mulher para de menstruar)

  • É possível que o médico faça exames para ter certeza de que as alterações fibrocísticas não são câncer

A mulher tem mais propensão a ter alterações fibrocísticas se ela:

  • Começou a menstruar cedo

  • Teve o primeiro filho com 30 anos de idade ou mais

  • Nunca teve um filho

Quais são os sintomas das alterações fibrocísticas?

  • Nódulos na mama

  • Às vezes, desconforto, incluindo sensação de que os seios estão pesados, doloridos ou ter dor em queimação

De que maneira o médico trata as alterações fibrocísticas?

O médico pode:

  • Pedir à mulher que use um sutiã macio e sustentador, como um sutiã esportivo

  • Dizer à mulher para tomar analgésicos, como paracetamol

  • Drenar o líquido do cisto

  • Receitar medicamentos, como danazol (um tipo de hormônio masculino) ou tamoxifeno (medicação que bloqueia o estrogênio) se os sintomas forem muito graves

Se a pessoa apenas tiver um nódulo ou se ele tiver uma sensação diferente dos outros nódulos, o médico pode:

  • Coletar uma amostra de tecido do nódulo na mama e examiná-lo sob um microscópio (biópsia) para ter certeza de que não é câncer

  • Fazer uma cirurgia para removê-lo

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS