Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Fatos rápidos

Sangramento uterino excessivo durante o parto

(Postpartum Hemorrhage)

Por

The Manual's Editorial Staff

Última revisão/alteração completa out 2019| Última modificação do conteúdo out 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos

O que é sangramento uterino excessivo?

Excessivo significa em grande quantidade. É normal a mãe ter um pouco de sangramento após o parto. Se o sangramento for superior a duas xícaras de chá após um parto normal, isso é considerado sangramento uterino excessivo.

  • O motivo mais comum de sangramento em excesso é quando o útero fica flácido e laceado e não se contrai como deveria

  • O médico trata o sangramento excessivo por meio de massagens no ventre e medicamentos

  • É possível que a mulher precise receber uma transfusão de sangue

  • Em casos raros, a mulher precisa de cirurgia

O que acontece quando há sangramento excessivo durante o parto?

O motivo mais comum do sangramento excessivo é:

  • O útero não se contraiu após o parto como deveria

Outros motivos que causam o sangramento excessivo:

  • Houve laceração da vagina ou do colo do útero (a parte inferior do útero) durante o parto

  • Presença de um distúrbio sanguíneo que impede a coagulação do sangue

  • Uma parte da placenta permaneceu dentro do útero depois do parto

A mulher tem um risco maior de ter sangramento se ela:

  • Já teve muitos filhos

  • Ficou em trabalho de parto por muito tempo

  • Tinha mais de um bebê no útero (por exemplo, gêmeos ou trigêmeos)

  • Pariu um bebê muito grande

O que o médico pode fazer para impedir o sangramento excessivo?

Antes de a mulher entrar em trabalho de parto, o médico toma medidas para evitar ou preparar-se para sangramento após o parto.

  • O médico verifica se a mulher tem alguma doença que aumente o risco de sangramento (como líquido amniótico em excesso ou um distúrbio hemorrágico)

  • Se a mulher tiver um tipo de sangue incomum, o médico antes verifica que há uma quantidade suficiente desse tipo de sangue à disposição

  • Ele tenta fazer com que o bebê nasça de maneira mais lenta e cuidadosa o possível

  • Depois de parto, o médico mantém a mulher sob observação durante no mínimo uma hora; ele verifica que o útero se contraiu e que não há sangramento

Como o médico sabe que o sangramento é excessivo?

O médico:

  • Monitora quanto à presença de sangue em excesso

  • Pressiona na região do ventre para ver se o útero tem a firmeza adequada

  • Monitora a pressão arterial e a frequência cardíaca, uma vez que uma queda na pressão arterial ou uma frequência cardíaca elevada pode significar que mulher está perdendo muito sangue

O que acontece se a mulher começar a sangrar em excesso?

O médico:

  • Pressiona com firmeza e massageia o ventre

  • Examina a vagina e o colo do útero para se há lacerações

  • Administra medicamentos que causam a contração do útero

  • Administra hidratação ou sangue pela veia para repor o sangue perdido

Pressionar o ventre ajuda o útero a se contrair e a estancar o sangramento. Há diversos medicamentos que podem ser administrados por via intravenosa ou por injeção.

Se o sangramento continuar, pode ser necessário realizar cirurgia, incluindo:

  • Fazer uma raspagem do interior do útero para remover eventuais restos da placenta

  • Inserir um balão dentro do útero para interromper o fluxo de sangue

  • Colocar um tampão de gaze dentro do útero

  • Suturar (costurar) a parte inferior do útero

  • Bloquear veias de grande porte que levam sangue ao útero

  • Realizar uma histerectomia (remoção do útero), como último recurso

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS