Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Fatos rápidos

Síndrome compartimental

Por

The Manual's Editorial Staff

Última revisão/alteração completa abr 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos

O que é a síndrome compartimental?

A síndrome compartimental é o aumento da pressão causado por um músculo inchado e dolorido, que interrompe o fluxo de sangue para esse músculo e outros ao redor.

Em algumas partes do corpo, uma camada de tecido resistente envolve um grupo de músculos, nervos e vasos sanguíneos. Esse feixe de tecidos envolvidos é chamado de compartimento. Se um músculo lesionado dentro do compartimento incha, o tecido resistente pode não se estender o suficiente para permitir esse inchaço. Em vez disso, o inchaço aumenta a pressão no compartimento e pode interromper o fluxo de sangue. Sem sangue, o tecido no compartimento morre.

  • A síndrome compartimental é rara, mas é uma complicação muito séria de certas lesões

  • Ela geralmente surge em decorrência de um osso fraturado no antebraço ou na parte inferior da perna

  • O principal sintoma é um intenso agravamento da dor na parte do corpo lesionada

  • Se a pessoa não receber tratamento, os músculos morrem e surge uma gangrena

  • Os médicos fazem cirurgia para cortar a camada de tecido resistente e abrir o compartimento, o que alivia a pressão

  • Se a pessoa não receber tratamento a tempo, os médicos podem precisar amputar (cortar) o membro

O que causa a síndrome compartimental?

A síndrome compartimental é geralmente causada por:

  • Um osso quebrado (fratura), especialmente na parte inferior da perna

  • Uma lesão em que um dos braços ou pernas tenha sido esmagado

Menos frequentemente, a síndrome compartimental é causada por:

  • Bandagem ou gesso apertados

  • Mordida de serpente

  • Queimadura

  • Superdosagem de drogas

Quais são os sintomas da síndrome compartimental?

O principal sintoma é:

  • Dor forte na parte do corpo lesionada, que tende a piorar – a dor geralmente é mais grave do que se esperaria da lesão

A pessoa também pode apresentar:

  • Dor quando mover os dedos das mãos ou dos pés do braço ou perna lesionada

  • Dor tão intensa que os medicamentos não ajudam

  • Dormência dos dedos das mãos ou dos pés de um braço ou perna lesionada

  • Pele pálida, fria e espessada

Como os médicos sabem se eu tenho a síndrome compartimental?

Os médicos irão:

  • Verificar o pulso na parte do corpo lesionada

  • Inserir uma agulha no membro lesionado para medir a pressão na área ao redor do músculo

Como os médicos tratam a síndrome compartimental?

Os médicos irão:

  • Remover rapidamente a tala, gesso ou qualquer coisa que esteja exercendo pressão sobre essa parte do corpo

  • Geralmente, realizar uma cirurgia para abrir o compartimento, o que irá aliviar a pressão e deixar o sangue alcançar os músculos

  • Se os tecidos morreram, a parte do corpo pode precisar ser amputada (cortada)

É muito importante obter tratamento para a síndrome compartimental imediatamente, porque pode causar uma infecção de risco à vida no braço ou perna.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS