Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando
Fatos rápidos

Considerações gerais sobre ossos fraturados

(Fraturas)

Por

The Manual's Editorial Staff

Última revisão/alteração completa abr 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

Todos os ossos quebrados são considerados fraturas. Não importa se é apenas uma pequena fissura ou uma grande ruptura com uma grande quantidade de fragmentos.

  • Ossos fraturados doem bastante e causam inchaço

  • O osso pode parecer dobrado ou fora do lugar

  • Às vezes, ossos fraturados danificam os nervos ou os vasos sanguíneos próximos à fratura

  • Os médicos diagnosticam ossos fraturados usando radiografias, mas às vezes, um exame de TC ou RM é útil

  • Os médicos reposicionam os ossos fraturados e os mantêm no lugar com uma tala, gesso ou, às vezes, pinos metálicos, parafusos e placas

Procure o serviço de emergência mais próximo se você se machucar e tiver muita dor ou inchaço ou se você não conseguir se mover nem usar a parte do corpo lesionada.

Quais são os diferentes tipos de fraturas?

Os médicos usam diversos termos para descrever diferentes ossos fraturados. Os termos são relacionados a aspectos como:

  • Como os fragmentos de osso fraturado estão alinhados?

  • Há um orifício na pele e o osso é visto projetando-se para fora?

  • A fratura afeta uma das articulações?

Às vezes, os fragmentos de um osso fraturado estão alinhados bem retos. Mas geralmente estão fletidos, torcidos, separados ou acavalados. Às vezes, o osso está fraturado em vários pequenos pedaços.

Uma fratura exposta é quando a ponta afiada de um osso fraturado perfura a pele. Muitas vezes, o osso volta para dentro e resta apenas um pequeno corte. Mas às vezes, o osso é visto projetando-se para fora. Uma fratura exposta pode deixar entrar germes e sujeira até o osso fraturado e causar uma infecção óssea. Infecções ósseas impedem a cicatrização da fratura.

Uma fratura que afeta uma articulação pode consolidar‑se formando extremidades ásperas, que podem causar dor e rigidez articular permanentes.

Alguns tipos de fraturas

Alguns tipos de fraturas

O que causa uma fratura óssea?

Você pode fraturar um osso se:

  • O osso for dobrado ou torcido demais, como consequência de uma queda ou de lesão provocada por esportes

  • Alguma coisa atinge o osso com muita força, como um objeto pesado ou o impacto de um acidente de carro

  • Impactos repetidos e constantes sobre um osso, como numa corrida – a isso se dá o nome de fratura por estresse

Quais são os sintomas de uma fratura óssea?

Os sintomas de fraturas incluem:

  • Dor quando você a toca, coloca peso sobre ela ou usa a parte do corpo lesionada

  • Inchaço

  • Dificuldade para usar a parte lesionada normalmente (por exemplo, se você tem uma fratura no tornozelo, você pode não ser capaz de se apoiar sobre o respectivo pé)

  • Às vezes, dormência ou formigamento se um nervo estiver lesionado

O osso fraturado sangra. Isto pode causar um hematoma após um dia ou dois.

Como os médicos sabem se um dos meus ossos está fraturado?

Os médicos fazem:

Às vezes, os médicos também fazem uma TC ou uma RM.

Como os médicos tratam os ossos fraturados?

Ossos fraturados cicatrizam melhor quando as duas extremidades estão em contato e alinhadas. Se não estiverem em contato e alinhadas, os médicos precisam movê-las para alinhá-las. A isso se dá o nome de “redução de fratura” ou “reposicionamento do osso”.

Se a fratura está empurrando um vaso sanguíneo ou nervo ou se é uma fratura exposta, os médicos a reduzem imediatamente. Caso contrário, os médicos frequentemente esperam alguns dias para deixar o inchaço diminuir. Até então, eles colocam uma tala e receitam medicamentos para a dor.

Após reduzirem a fratura, os médicos precisam manter os fragmentos fraturados no lugar para que não se movam até terem terminado de se consolidar. Para mantê-los no lugar, os médicos podem usar

  • Talas

  • Gesso

  • Cirurgia

Talas e gesso são feitos de material duro, como gesso ou fibra de vidro. Os médicos primeiro colocam um forro macio, de modo que o gesso ou fibra de vidro não raspem a pele. Em um molde de gesso, o material duro envolve toda a área afetada no braço ou perna. Em uma tala, o material duro apenas passa parcialmente ao redor.

Durante a cirurgia para um osso fraturado, os médicos podem usar:

  • Um longo bastão de metal, colocado dentro do centro oco dos ossos

  • Parafusos e placas metálicas ligados diretamente aos ossos fraturados

  • Uma armação de metal no lado de fora do braço ou perna, presa aos ossos fraturados (um fixador externo)

Se você tiver uma fratura exposta, também pode precisar de cirurgia para limpar a sujeira e os germes das extremidades dos ossos fraturados.

Fixador externo

Fixador externo

Como cuidar de um molde de gesso?

Se você tiver um molde de gesso, você deve fazer o seguinte:

  • Mantenha o gesso seco durante o banho: proteja-o com uma capa impermeável ou saco de plástico (use elásticos de borracha para selar a abertura)

  • Se o gesso ficar úmido, seque-o com um secador de cabelos – se ficar molhado demais, o médico pode precisar substitui-lo

  • Eleve o gesso quando puder, para diminuir o inchaço

  • Para proteger a pele, coloque uma fita adesiva sobre qualquer borda áspera no gesso

  • Limpe a área ao redor do gesso diariamente

  • Nunca coloque objetos dentro do gesso

Telefone para o seu médico se você tiver febre ou se o gesso:

  • Parecer muito apertado

  • Causar dor, dormência ou fraqueza na parte do corpo lesionada

  • Causar vermelhidão ou dor

  • Tiver mau cheiro

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

Também de interesse

Modelos 3D
Visualizar tudo
Coluna vertebral e medula espinhal
Modelo 3D
Coluna vertebral e medula espinhal

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS