Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando
Fatos rápidos

Dengue

Por

The Manual's Editorial Staff

Última revisão/alteração completa abr 2018| Última modificação do conteúdo abr 2018
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

O que é dengue?

Dengue é uma infecção viral disseminada por mosquitos. Uma versão mais grave da doença, chamada dengue hemorrágica, causa hemorragias e pode ser fatal.

  • A dengue é mais comum nos trópicos e subtrópicos como sudeste da Ásia, Américas Central e do Sul e no Caribe

  • Pode-se contrair a dengue pela picada de um mosquito infectado

  • Os sintomas incluem febre, cefaleia e dores no corpo

  • Pode-se contrair a dengue mais de uma vez – a segunda infecção pode causar dengue hemorrágica (uma doença mais grave)

  • Quando se viaja para uma área com dengue, deve-se adotar medidas para prevenir picadas de mosquito

O que causa a dengue?

A dengue é causada pelo vírus da dengue. O vírus está presente na maioria das regiões tropicais e subtropicais do mundo. Ele é mais comum no sudeste da Ásia e no Caribe. Mas algumas pessoas contraíram dengue no sul dos Estados Unidos e no Havaí.

Quando um mosquito pica uma pessoa infectada, ele pega o vírus e o transmite para a próxima pessoa que picar.

Quais são os sintomas de dengue?

Por dois a três dias, a pessoas se sente fraca e cansada e apresenta:

  • Febre alta e calafrios

  • Dor de cabeça intensa

  • Dor ao mover os olhos

  • Fortes dores nas costas, nas pernas e nas articulações. Essas dores são tão intensas que a dengue recebeu o apelido de “febre quebra-ossos”

  • Erupção cutânea na face

Depois de apresentar esses sintomas, pode haver sensação de melhora por um dia e, em seguida, a febre e a erupção cutânea podem retornar, dessa vez no peito, nas costas, nos braços e na face.

Nos casos mais graves, as pessoas podem se sentir fracas por várias semanas, mas é raro morrer de dengue.

O que é dengue hemorrágica?

A dengue hemorrágica é um tipo muito mais grave de dengue. Podemos contraí-la se já tivermos tido dengue e depois formos infectados pelo vírus pela segunda vez. Ela afeta principalmente crianças com menos de 10 anos em áreas nas quais a dengue é comum.

Se uma pessoa tiver dengue hemorrágica, ela terá sintomas da dengue, além de:

  • Sangramento pelo nariz, pela boca, pelo reto e por qualquer ferida perfurante

  • Dor na barriga

  • Vômitos com sangue

  • Sangue nas fezes ou na urina

  • Manchas roxas na pele devido ao sangramento debaixo da pele

  • Pressão arterial muito baixa (choque)

Dirija-se ao hospital imediatamente se tiver sintomas de dengue hemorrágica.

Como os médicos sabem se eu tenho dengue?

Os médicos suspeitam de dengue baseados em seus sintomas e se você tiver estado em uma área em que os mosquitos são portadores da infecção. Para terem certeza, eles solicitarão exames de sangue.

Como os médicos tratam a dengue?

Não há medicamento para matar o vírus da dengue. Os médicos irão:

  • Prescrever medicamentos, como paracetamol, para aliviar a dor e baixar a febre

  • Administrar líquidos por via IV (na veia), sobretudo se você tiver dengue hemorrágica

Não tome aspirina nem ibuprofeno, pois eles podem causar ou piorar a hemorragia.

Os médicos o manterão protegido por mosquiteiros enquanto estiver doente, para que os mosquitos não contraiam a infecção de você e a disseminem para outras pessoas.

Como posso prevenir a dengue?

Se você visitar ou morar em uma área com dengue, adote medidas para prevenir as picadas de mosquitos:

  • Pulverize repelente contra insetos contendo dietiltuolamida (DEET) na pele

  • Use mosquiteiros

  • Use camisas de mangas compridas e calças compridas

  • Coloque telas nas janelas e conserte quaisquer buracos

  • Livre-se de água parada dentro e próximo à residência onde os mosquitos se multiplicam

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS