Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando
Fatos rápidos

Cobreiro (herpes zóster)

Por

The Manual's Editorial Staff

Última revisão/alteração completa abr 2018| Última modificação do conteúdo abr 2018
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos
Recursos do assunto

Depois de se ter tido catapora, o vírus que a causou permanece no organismo por toda a vida. Se os vírus ficarem ativos novamente, pode-se contrair herpes zóster (cobreiro).

O que é herpes zóster (cobreiro)?

O herpes zóster é uma infecção viral que causa uma erupção cutânea dolorosa formada por bolhas cheias de líquido.

  • Se o vírus da catapora se tornar ativo, ele se deslocará para a pele onde causará ulcerações dolorosas

  • Os médicos não sabem o que faz o vírus se tornar ativo novamente, mas isso às vezes acontece quando medicamentos e outras doenças enfraquecem o sistema imunológico.

  • Adultos com 50 anos ou mais e pessoas com o sistema imunológico debilitado estão mais propensos a contrair herpes zóster

  • Em geral, o herpes zóster é contraído apenas uma vez

  • Os medicamentos não podem curar o herpes zóster, mas antivirais (medicamentos que interrompem a proliferação de vírus) e analgésicos podem ajudar a aliviar o desconforto

  • Uma vacina pode prevenir o herpes zóster

Procure um médico imediatamente se achar que tem herpes zóster, pois o tratamento funciona melhor quando iniciado cedo.

O que causa o herpes zóster?

Depois que a pessoa se curou da catapora, o vírus permanece nas raízes nervosas, próximo à coluna vertebral. Às vezes o vírus é reativado e causa uma erupção cutânea (cobreiro). A erupção cutânea surge na parte da pele ligada à raiz nervosa infectada.

Como a catapora é causada pelo vírus herpes zóster, o cobreiro é por vezes denominado “zóster”.

Quais são os sintomas do herpes zóster?

O herpes zóster pode começar com dor, formigamento ou coceira em uma pequena área da pele em um lado do corpo. Muitas vezes, é a área do tórax ou do abdômen. Depois de alguns dias, os sintomas incluem:

  • Bolhas pequenas e cheias de líquido em uma área do corpo

  • Áreas dolorosas que são sensíveis ao toque

  • Às vezes, cefaleia, febre e sensação de cansaço

Parte de um nervo na face (o nervo facial) que leva ao olho e ao ouvido também pode ser afetado pelo vírus causando herpes zóster. A infecção pode causar dor e formação de bolhas ao redor do olho e às vezes afeta a visão. Se o ouvido for afetado, pode haver dor e dificuldade auditiva. Às vezes, a infecção do nervo facial interromperá os movimentos dos músculos da face.

Cerca de cinco dias após a formação de bolhas:

  • As bolhas secarão, formarão uma crosta e poderão deixar cicatrizes na pele – até que as crostas se formem, é preciso permanecer afastado de outras pessoas para evitar a disseminação do vírus

  • Pode-se contrair uma infecção bacteriana ao coçar as bolhas ou quando se tem bolhas próximas aos olhos, nariz ou ouvidos

  • Pode-se sentir uma dor duradoura depois que a erupção cutânea desaparece (neuralgia pós-herpética) – isso acontece em cerca de uma a cada dez pessoas

Como os médicos sabem se eu tenho herpes zóster?

Os médicos conseguem saber que você tem herpes zóster perguntando sobre os sintomas e examinando a erupção cutânea. Às vezes, eles coletam material raspado da bolha ou uma amostra do líquido no interior da bolha para examinar no laboratório.

Como os médicos tratam herpes zóster?

Os médicos irão:

  • Prescrever um medicamento antiviral para aliviar os sintomas – esses medicamentos agem melhor quando iniciados cedo, antes da formação das bolhas

  • Prescrever um medicamento analgésico

  • Aconselhar o uso de um pano úmido sobre as erupções para aliviar a dor e a coceira

  • Recomendar que evite coçar as bolhas para prevenir uma infecção

  • Encaminhá-lo a um oftalmologista ou otorrinologista se o herpes zóster estiver próximo ao olho ou ao ouvido

Como posso prevenir o herpes zóster?

Catapora e herpes zóster podem ser prevenidos com vacinas.

Tome a vacina contra catapora:

  • A maioria das crianças toma duas doses da vacina contra catapora como parte de seu esquema de vacinação de rotina – entre 12 e 15 meses de idade e novamente entre 4 e 6 anos de idade

  • Se você for um adolescente ou adulto que não tomou a vacina contra catapora, pergunte ao médico se deve tomá-la

Tome a vacina contra herpes zóster:

  • As pessoas com 50 anos ou mais devem, em sua maioria, tomar a vacina contra herpes zóster, mesmo se já tiverem tido catapora ou herpes zóster

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS