Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando
Fatos rápidos

Diabetes insipidus central

Por

The Manual's Editorial Staff

Última revisão/alteração completa abr 2019| Última modificação do conteúdo abr 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

O que é o diabetes insipidus central?

O diabetes insipidus central significa não ter uma quantidade suficiente de um hormônio denominado vasopressina. Os hormônios são substâncias químicas que estimulam a ação de outras células ou tecidos. A vasopressina é um hormônio que envia um comando para os rins produzirem menos urina para que o corpo retenha água. A vasopressina é produzida em uma parte do cérebro denominada hipotálamo, sendo depois armazenada na hipófise e liberada por ela. Tanto o hipotálamo como a hipófise estão localizados na parte inferior do cérebro.

  • Ter níveis baixos de vasopressina faz com que a pessoa urine em excesso, o que faz com que ela sinta muita sede

  • O diabetes insipidus central é geralmente causado por um problema no cérebro, como tumor ou lesão, ou por cirurgia no cérebro

  • O médico realiza exames de urina e de sangue após a pessoa ter ficado sem beber água por aproximadamente 12 horas

  • Em geral, o médico trata o diabetes insipidus central com spray nasal de vasopressina

O diabetes insipidus central não é a mesma coisa que a doença comum denominada diabetes, na qual o nível de glicose no sangue é muito elevado. Essa doença relacionada ao nível de glicose no sangue é o diabetes mellitus. Além do fato de fazer com que a pessoa urine em excesso, o diabetes insipidus não tem nada a ver com o diabetes mellitus.

O que causa o diabetes insipidus central?

As causas do diabetes insipidus central incluem:

  • Lesão acidental à hipófise durante cirurgia

  • Uma lesão cerebral, especialmente uma fratura na base do crânio

  • Um tumor cerebral

  • Obstrução do fluxo sanguíneo ao cérebro

  • Encefalite (inchaço do cérebro causado por uma infecção)

Quais são os sintomas do diabetes insipidus central?

Os sintomas do diabetes insipidus central incluem:

  • Sede extrema, com preferência por água gelada; algumas pessoas chegam a beber quase 40 litros por dia

  • Urinar com frequência (incluindo acordar à noite para urinar)

Se a pessoa não tiver uma quantidade suficiente de água no organismo, ela pode ficar desidratada. Isso pode fazer com que a pressão arterial fique tão baixa a ponto de ser perigosa.

De que maneira o médico sabe que a pessoa tem diabetes insipidus central?

O médico examina quanto à presença do diabetes insipidus central por meio de:

  • Exames de urina

  • Exames de sangue

O médico faz exames de sangue e de urina enquanto a pessoa fica sem beber nada de água. É possível que a pessoa precise ficar até 12 horas sem beber água (teste de privação hídrica). Caso a pessoa continue a urinar apesar de não estar bebendo nada, é possível que ela tenha diabetes insipidus central. Em seguida, o médico administra uma injeção de vasopressina para ver como o organismo da pessoa reage.

De que maneira o médico trata o diabetes insipidus central?

O médico trata o diabetes insipidus central com:

  • Spray nasal com desmopressina (uma forma de vasopressina de ação prolongada)

  • Medicação para ajudar o corpo a produzir vasopressina

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Diabetes mellitus
Vídeo
Diabetes mellitus
Durante o processo digestivo, uma grande parte dos alimentos consumidos é convertida em glicose...

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS