Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Fatos rápidos

Regurgitação mitral

Por

The Manual's Editorial Staff

Última revisão/alteração completa abr 2019| Última modificação do conteúdo abr 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos
Recursos do assunto

O que é regurgitação mitral?

Quatro válvulas cardíacas controlam a forma como o sangue flui para dentro e para fora do coração. As válvulas são como portas de sentido único que mantêm o sangue fluindo na direção certa.

A válvula mitral separa o átrio esquerdo e o ventrículo esquerdo. Esta válvula se abre para permitir que o sangue dos pulmões saia do átrio esquerdo para o ventrículo esquerdo. A válvula se fecha para impedir que o sangue retorne ao átrio esquerdo.

Regurgitação mitral é quando a válvula mitral não se fecha ao todo. Assim, quando o ventrículo esquerdo se contrai para bombear sangue para o corpo, parte do sangue flui de volta para o átrio.

  • A regurgitação mitral geralmente é causada por doenças genéticas (transmitidas na família) e por um ataque cardíaco

  • Quanto mais sangue retornar, mais força o coração terá que fazer para bombear sangue suficiente para fora

  • Por fim, o coração tem que bombear com tanta força para compensar o vazamento, que se desenvolve uma insuficiência cardíaca

  • Os médicos podem ouvir um sopro cardíaco através de um estetoscópio e fazem um ecocardiograma para diagnosticar regurgitação mitral.

  • A regurgitação mitral leve pode não causar nenhum sintoma nem necessitar de tratamento.

  • A regurgitação grave pode causar sintomas, como falta de ar, ou um ritmo cardíaco anormal, como fibrilação atrial

  • Em caso de regurgitação grave, a válvula mitral terá que ser reparada ou substituída

A fibrilação atrial pode causar problemas como coágulos de sangue ou acidente vascular cerebral.

Quais são as causas de regurgitação mitral?

A regurgitação mitral pode se manifestar subitamente ou gradualmente.

As causas de regurgitação mitral súbita incluem:

As causas de regurgitação mitral gradual incluem:

Quais são os sintomas de regurgitação mitral?

Pode-se não ter nenhum sintoma decorrente de regurgitação mitral leve.

A regurgitação mitral grave pode causar insuficiência cardíaca, podendo-se, assim:

  • Ficar facilmente cansado

  • Sentir falta de ar

  • Apresentar inchaço nas pernas

A fibrilação atrial pode causar:

  • Palpitações (sentir o coração batendo forte, palpitante, acelerado ou fora de ritmo)

  • Falta de ar

Como os médicos sabem se eu tenho regurgitação mitral?

Os médicos suspeitam de regurgitação mitral ao ouvir seu coração com um estetoscópio. Os médicos realizam um ecocardiograma (ultrassom do coração) para verificar a gravidade do vazamento.

Os médicos também podem realizar exames para visualizar o átrio e o ventrículo esquerdos, como:

Como os médicos tratam a regurgitação mitral?

A regurgitação mitral leve pode não requerer tratamento. Os médicos podem examinar seu coração ocasionalmente por um ecocardiograma.

Os médicos monitoram os sintomas e repetem o ecocardiograma para decidir quando realizar uma cirurgia. A válvula mitral deve ser reparada ou substituída cirurgicamente antes que o músculo cardíaco seja lesionado.

Se sua válvula estiver seriamente lesionada, os médicos podem realizar uma cirurgia para substitui-la por:

  • Uma válvula mecânica de plástico

Às vezes, os médicos substituem válvulas cardíacas por uma válvula de coração de porco ou vaca. No entanto, os médicos preferem usar uma válvula mecânica ao substituir a válvula mitral. Se você receber uma válvula mecânica, terá que tomar medicamentos para afinar o sangue pelo resto da vida, mas a válvula pode durar várias décadas.

As pessoas com válvulas danificadas ou substituídas necessitam, por vezes, de antibióticos para prevenir a infecção da válvula cardíaca, por exemplo, quando:

  • Realizam um procedimento odontológico

  • São submetidas a determinados procedimentos médicos

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Teste os seus conhecimentos

Transtorno obsessivo-compulsivo
O transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) é caracterizado por obsessões ou compulsões. As obsessões são pensamentos, impulsos ou imagens problemáticos que ocupam a mente excessivamente. As compulsões (rituais) são atos reais ou mentais que as pessoas se sentem compelidas a realizar repetidamente para diminuir a sua ansiedade. Qual das opções seguintes é a faixa etária durante a qual o TOC normalmente aparece pela primeira vez?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS