Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link
Fatos rápidos

Angina instável

Por

The Manual's Editorial Staff

Última revisão/alteração completa set 2019| Última modificação do conteúdo set 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha os detalhes completos
Recursos do assunto

O que é angina instável?

Angina é a dor, desconforto ou pressão no peito que ocorre quando o coração não está recebendo oxigênio suficiente. A falta de oxigênio é causada por um estreitamento ou obstrução de uma artéria que vai para o coração (doença arterial coronariana). Normalmente a angina surge durante o esforço, por exemplo, ao subir escadas ou caminhar morro acima. Ela desaparece em poucos minutos quando a pessoa descansa. Normalmente a angina surge toda vez que se realiza a mesma quantidade de esforço.

Angina instável é a angina que surge:

  • Com muito menos esforço que o normal

  • Quando a pessoa não está fazendo nenhum esforço

Com angina instável:

  • A pessoa sente pressão ou dor no peito

  • Os médicos realizam exames de sangue e ECG

  • Os médicos prescreverão medicamentos e realizarão procedimentos para tentar levar mais sangue à área afetada do coração

O que causa angina instável?

O coração é um músculo que bombeia sangue. Como todos os músculos, o coração precisa de um suprimento constante de sangue para funcionar. O sangue bombeado através do coração não alimenta o músculo cardíaco. Em vez disso, o músculo cardíaco é alimentado pelas suas próprias artérias. Essas artérias são chamadas artérias coronárias. Coronária é um termo para designar coração.

A angina instável ocorre quando uma das artérias coronárias fica temporariamente bloqueada por um coágulo de sangue.

Se o coágulo de sangue desaparecer por si só, os sintomas também desaparecerão. Se o coágulo não desaparecer rapidamente, a pessoa terá um ataque cardíaco. Em um ataque cardíaco, o músculo cardíaco afetado morre, pois não recebe sangue suficiente. Na angina instável, o músculo afetado não morre. No entanto, a angina instável é um sinal de alerta de ataque cardíaco.

Os coágulos de sangue em uma artéria coronária costumam ocorrer quando se tem aterosclerose:

  • Aterosclerose é comumente conhecida como o endurecimento das artérias

  • Aterosclerose é o depósito lento de colesterol e outros materiais gordurosos nas artérias

  • Esse depósito é chamado de ateroma ou placa

  • A placa pode se romper subitamente, provocando a formação de um coágulo de sangue que bloqueia a artéria

Na angina instável, o ritmo cardíaco também pode ser afetado, fazendo com que o coração bata muito rapidamente ou muito lentamente. Em raras ocasiões, o coração para completamente (parada cardíaca) e a pessoa morre.

Quais são os sintomas de angina instável?

Os sintomas da angina instável são semelhantes aos da angina, mas a dor é geralmente mais intensa, mais prolongada e não melhora com repouso.

  • A dor pode ocorrer na parte mediana do tórax

  • A dor pode se espalhar para as costas, as mandíbulas ou para o braço esquerdo

  • Menos frequentemente, a dor se espalha para o braço direito

  • A dor pode ocorrer em um ou mais desses locais e não no tórax

  • A pessoa pode se sentir suada e nervosa

  • Os lábios, mãos ou pés podem ficar ligeiramente azulados

Como os médicos sabem se a pessoa tem angina instável?

Os médicos baseiam o diagnóstico nos sintomas e realizam testes, tais como:

  • ECG - um teste que mede a atividade elétrica do coração

  • Exames de sangue para detectar certas substâncias que indicam problemas cardíacos

Como os médicos tratam a angina instável?

A pessoa é hospitalizada. Os médicos irão:

  • Controlarão o ritmo cardíaco e a pressão arterial

  • Prescreverão nitroglicerina sublingual e intravenosa para aliviar a dor no peito

  • Prescreverão medicamentos para prevenir coágulos de sangue

  • Prescreverão medicamentos para reduzir a carga de trabalho do coração

  • Às vezes, realizarão um procedimento (angioplastia) para desobstruir a artéria bloqueada

Durante a angioplastia:

  • O médico insere um tubo flexível pequeno (cateter) em uma artéria da região superior da perna (virilha) ou no pulso

  • O cateter é guiado pela artéria até o coração e depois até uma das artérias coronárias

  • Um balão pequeno na extremidade do cateter é inflado

  • O balão empurra a obstrução para abrir a artéria

  • Em seguida, o médico desliza um tubo de malha metálica (stent) pela extremidade do cateter até a área bloqueada

  • O tubo de malha metálica ajuda a manter a área bloqueada aberta

Às vezes, os médicos não podem fazer angioplastia. Eles podem recomendar uma cirurgia de derivação (também denominada cirurgia de revascularização da artéria coronária ou cirurgia de derivação de artéria coronária).

Durante a cirurgia de derivação:

  • Os médicos retiram um segmento de artéria ou veia saudável de outra parte do corpo

  • Eles suturam uma extremidade daquele segmento de artéria ou veia na aorta (a artéria principal que retira sangue do coração e o leva para o restante do corpo)

  • Eles suturam a outra extremidade na artéria obstruída depois do ponto do bloqueio

  • O sangue passa a fluir por essa nova via, desviando-se do bloqueio

Tratar a causa da angina instável

Para tratar o problema que causou a angina instável, os médicos geralmente prescrevem:

Eles também recomendarão mudanças de hábitos que estejam prejudicando o coração, como fumar, não praticar exercícios e seguir uma dieta deficiente.

Como é possível prevenir a angina instável?

Mudar comportamentos que podem ser prejudiciais ao coração

  • Consumir alimentos saudáveis, como frutas e legumes frescos e outros alimentos ricos em fibras

  • Ingerir menos gordura de carnes, laticínios e alimentos processados (como pizza congelada ou alimentos prontos para o micro-ondas) - converse com o médico sobre a quantidade e os tipos de gordura que deve consumir

  • Perder peso, se necessário

  • Manter-se ativo exercitando-se com pesos ou caminhando

  • Parar de fumar ou de usar drogas - isso pode ser difícil, por isso, fale com o médico ou um conselheiro sobre como obter ajuda

Tomar os medicamentos corretamente

  • Lembre-se de tomar quaisquer medicamentos prescritos pelo médico, como medicamentos para colesterol alto, hipertensão arterial ou diabetes

  • Se tiver 50 anos ou mais, pergunte ao médico se deve tomar uma dose baixa de aspirina todos os dias para ajudar a prevenir ataques cardíacos e acidentes vasculares cerebrais

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS